CTB Pará manifesta apoio a greve dos trabalhadores dos Correios, em Belém

Na manhã desta sexta-feira (13), a CTB Pará participou do ato dos trabalhadores dos Correios, em Belém do Pará, em apoio à greve geral da categoria que ocorre em todo o país.

O Sindicato dos Trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos do Estado do Pará SINCORT/PA, convocou o ato, para está sexta-feira, em atividade grevista em defesa da categoria e da estatal, na pauta as reivindicações dos trabalhadores e trabalhadoras e contra as ameaças, do governo do presidente Jair Bolsonaro e do ministro Paulo Guedes, de privatizações desta estratégica empresa pública para o povo brasileiro, os Correios. No Pará, como em todo o país a categoria ecetista se mostra consciente da gravidade da situação que enfrenta e decretou greve por tempo indeterminado.

Para o presidente do Sincort/PA, Israel Pereira Rodrigues Júnior, a categoria defende os salários, os empregos, a estatal pública e o sustento da família e afirma que são direitos conquistados em muitos anos de lutas.

A intenção do governo e da direção da ECT é acabar com os benefícios da categoria. Por isso se negam a negociar o Acordo Coletivo. Os trabalhadores dos Correios foram empurrados a uma encruzilhada histórica: ou lutam ou perdem o que conquistaram em anos de batalhas duríssimas!

Cleber Rezende, presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – CTB/Pará, disse que a Central classista estará junta da categoria, apoiando e se solidarizando com a luta e que vamos mostrar à direção da ECT e ao Governo Federal que não aceitaremos a destruição dos direitos da categoria ecetista e nem a privatização dos Correios. A CTB estará ombreada na defesa dos direitos, dos empregos e salários, do sustento das famílias dos trabalhadores dos Correios no Pará e no Brasil. Não a privatização dos Correios!

Compartilhar: