CTB-PA defende implantação de Centro de Referência em Saúde do Trabalhador em Barcarena

Foto: Divulgação

O Sindiquímicos, sindicato filiado à Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil no Pará, defendeu a implantação do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) em Barcarena, durante a Conferência Municipal de Saúde do município da mesorregião Metropolitana de Belém.

O objetivo da unidade é promover ações para melhorar as condições de trabalho e a qualidade de vida do trabalhador, por meio da prevenção e vigilância em saúde da classe trabalhadora.

Segundo Gilvandro Santa Brígida, tesoureiro do Sinidiquímicos e vice-presidente da CTB Pará, a cidade é um polo industrial estratégico do estado, pois abriga o porto de Vila do Conde, gerenciado pela estatal Companhia Docas do Pará (CDP), e outros terminais privados. Além de contar com companhias metalúrgicas, indústrias químicas e de alumínio de grande porte, a exemplo da Alumínio Brasileiro S.A. (Albras), Alumina do Norte S.A. (Alunorte), Imerys Rio Capim Caulim S.A. (IRCC) e o Grupo Alubar. “No entorno dessas grandes empresas existe mais de uma centena de empresas prestadoras de serviços e fornecedoras de insumos”, pontuou o dirigente.

Ainda no entendimento do presidente da CTB-PA, Cleber Rezende, “Barcarena é um dos principais polos de empregabilidade e concentração de mão-de-obra paraense o que justifica a implantação do Cerest local, para a proteção, prevenção e vigilância da saúde do trabalhador”.

Compartilhar:

Conteúdo Relacionado