CTB Minas apoia a greve dos trabalhadores do metrô de BH

A CTB Minas se solidariza com os trabalhadores do metrô de Belo Horizonte que estão em greve para barrar o processo nefasto de privatização da Superintendência de Trens Urbanos de Belo Horizonte (STU-BH), e em defesa dos direitos dos trabalhadores e do direito da população a um serviço de transporte público de qualidade.

Seguindo a agenda ultraliberal e privatista dos governos Bolsonaro e Zema, a investida contra o metrô está sendo realizada sem transparência e sem diálogo com o Sindimetro-MG e com os servidores. Em um prenúncio de demissão em massa dos trabalhadores, o governo federal, através do Ministério da Economia e Desenvolvimento Regional, publicou na última semana uma resolução que proíbe a transferência dos empregados da STU-BH para outra unidade da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) caso a privatização se concretize.

Com a entrega da empresa estatal à iniciativa privada, o objetivo do metrô deixa de ser a garantia da qualidade e da abrangência do transporte e passa a ser a garantia de lucro dos acionistas. A história mostra que isso resulta em precarização e aumento das tarifas, lesando toda a população, além dos servidores.

A CTB Minas apoia a greve legítima dos trabalhadores e repudia a ação entreguista do governo e as atitudes tomadas pela CBTU, que não respeitam a voz e os direitos dos servidores.

Compartilhar: