Centrais organizam ato em SP pelo fim do fator previdenciário

Sob o lema “Brasil contra o Fator” as centrais sindicais promoverão uma manifestação no dia 12 de novembro em São Paulo para exigir o fim do fator previdenciário.

Na manhã desta terça-feira (5), a uma semana do ato, representantes da CTB, CUT, UGT, FS, CGTB e NCST reuniram-se na sede da CTB, na capital paulista, para organizar a ação conjunta. 

Os manifestantes se concentrarão na Praça da Sé (centro) às 10 horas e partirão em caminhada pelo Viaduto Santa Ifigênia até chegar em frente ao prédio do INSS, onde ocorrerá o ato político. 

O fator previdenciário reduz o valor do benefício de quem se aposenta por tempo de contribuição antes de atingir 65 anos, no caso dos homens, e 60 anos, no caso das mulheres.

Em Brasília, também acontecerá um protesto no dia 26, data em que ocorre a reunião do Copom (Comitê de Política Monetária do Banco Central) o ato deve reunir 10 mil pessoas para impedir a aprovação de projetos de lei em tramitação no Congresso Nacional.

Os manifestantes reivindicarão: Fim do fator previdenciário, reajuste para as aposentadorias; valorização do trabalho com igualdade e inclusão social, redução da jornada sem redução dos salários; combate à terceirização;  pela justa correção do FGTS, convenção 151 OIT; correção da tabela do imposto de renda; PEC trabalho escravo; reforma agrária; regulamentação emprego domésticas; simples trabalhista; suspensão do contrato de trabalho (PLS 62/2013) + (PL5019/2009); desoneração da folha de pagamento, contra privatização do pré-sal. 

Portal CTB

Compartilhar: