Bradesco em Sergipe demite três gerentes em menos de um mês

Têm ocorrido vários problemas no Bradesco de Sergipe, mas, um deles é considerado inusitado. Em menos de um mês, o banco demitiu três gerentes: dois da Agência Centro, com 30 anos de serviços prestados; e um de Lagarto, com 26. O agravante nisso é que uma delas já havia sido demitida e readmitida, por determinação da Justiça do Trabalho, por ter sido acometida por LER (Lesão por Esforço Repetitivo).

Já o funcionário de Lagarto, diante da pressão sofrida, estava com problemas psicológicos. “O Bradesco tem feito uma ação agressiva tanto para os funcionários quanto para os clientes. Colocou dois banners na frente da porta para que os clientes não visualizem a entrada. E, ainda, um cercadinho também dificultando a entrada”, denunciam diretores da Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe (Feebase).

Para os diretores, o banco está infringindo a lei da acessibilidade, burlando a acomodação e o tempo de espera na fila. “Dois funcionários ficam de um lado e do outro do cercadinho, distribuindo senhas para evitar que os clientes sigam para o caixa, e usem o autoatendimento”.

Fonte: Feebase

Compartilhar: