Em defesa da Educação, povo toma ruas nesta quinta

Nesta quinta-feira (30/05), professores, estudantes e funcionários de universidades e institutos federais voltam às ruas do Brasil para pressionar recuo do governo, que cortou 30% de recursos da educação. 

As manifestações desta quinta-feira representam a insatisfação da população com as medidas neoliberais tomadas por Bolsonaro e ministros. Os cortes congelam verbas da educação básica, cancelam bolsas de mestrado e doutorado, interrompem pesquisas e dificultam até o funcionamento básico das instituições. 

A CTB participará do ato na luta pela educação pública de qualidade e gratuita como ferramenta indispensável no desenvolvimento humano e aniquilador de desigualdades sociais. 

No último dia 15, a população de mais de 222 cidades de 26 estados brasileiros mais o Distrito Federal mostrou a força. A agenda privatista e de desmonte está a todo vapor e o povo não deve cruzar os braços. O momento é de resistência.

Com informações de bancariosbahia.org.br

Compartilhar: