Privatização dos Correios pode parar no STF, avalia Bank of America

O Bank of America (BofA) alertou que a oposição pode conseguir barrar a privatização dos Correios via STF (Supremo Tribunal Federal). A informação foi divulga em relatório enviado aos clientes e obtido pelo Money Times nesta última segunda-feira (09).

A instituição financeira comentou que a Suprema Corte brasileira decidiu em 2005 que os serviços postais devem ser públicos e fornecidos apenas pelo governo. Sendo assim, os partidos contrários à entrega da estatal teriam essa base para barrar o leilão da empresa.

Encaminhada por Jair Bolsonaro, a proposta de privatizações foi aprovada na Câmara dos Deputados por 286 votos a favor e 173 contra, uma vitória da agenda de reformas neoliberais. Após a passagem pela Câmara, o projeto vai para o Senado e depois à sanção presidencial.

O governo alega que a privatização dos Correios deve melhorar a eficiência dos serviços postais, mas esta expectativa é contestado pelos sindicalistas e pela oposição. A privatização vai resultar em aumento das tarifas, demissões e precarização dos serviços, segundo seus críticos.

Se inscreva no nosso canal no YouTube /TVClassista´

Compartilhar: