Petrobras vive pior crise em 100 anos

A Petrobras está vivendo a pior crise dos últimos 100 anos, conforme informou seu diretor-executivo, Roberto Castello Branco, em comunicado sobre os resultados entre janeiro e março. As perdas foram de R$ 48,523 bilhões no primeiro trimestre do ano. A empresa estatal enfrenta uma turbulência em decorrência da difícil situação do setor petroleiro, devido à pandemia do novo coronavírus.
As perdas ocorreram apesar de os preços do petróleo não terem iniciado sua espiral descendente até o final do primeiro trimestre. Castello Branco advertiu que a recessão global não afetou significativamente os resultados da empresa no primeiro trimestre, mas isso deve ocorrer nos trimestres futuros. A forte queda dos preços do petróleo nos últimos meses poderiam ter consequências inclusive depois da pandemia, como observou.

Compartilhar: