São Paulo sediará festival que celebra a cultura cubana

A Associação de Cubanos Residentes no Brasil promoverá no dia 2 de novembro, a partir das 15h, no Centro Cultural Estação Estrella Galicia Rio Verde (CCRV), o Festival Dia da Cultura Cubana, para celebrar os 500 anos de Havana. Com direção artística da Difusora Cultural Havana 6463, o objetivo deste evento é divulgar os variados elementos da rica cultura cubana.

A Associação de Cubanos Residentes no Brasil, que não tem viés ideológico, tem por proposta desenvolver e criar iniciativas que aproximem a comunidade cubana e simpatizantes em torno dos elementos culturais e dos esportes mais populares da ilha. “A associação, fundada em 2018, reúne cerca de 2,5 mil pessoas entre cubanos, familiares e descendentes e tem se dedicado a promover atividades culturais e jogos de beisebol, assim como ajudado cubanos em questões relacionadas à saúde”, disse o presidente da entidade, Eduardo Llerena.

Com variada oferta de atividades e acesso gratuito, o festival contará com degustação de pratos da tradicional culinária cubana, apresentações de dança, exposições de fotografias e artes plásticas, exibição de documentários , shows e até um workshop de charutaria.

Entre os shows programados, o de Carlos Ceiro e Los Seis do Sur (às 15h) brindará o público com uma apresentação da mais nova formação musical cubana de São Paulo (com músicos cubanos e brasileiros) que promete matar a saudade da Cuba dos anos 20 e 30. Com uma formação de sexteto, o cantor, baixista e percussionista Carlos Ceiro sobe ao palco com um repertório mais tradicional da música cubana, muitas delas conhecidas no Brasil por meio do Buena Vista Social Club, as quais podem até hoje ser ouvidas nos barzinhos das ruas de Havana Vieja.

Por sua vez, o show “Quimbara Convida Fernando Ferrer”, às 18h, executará os ritmos que embalam as festas e danças de Porto Rico e Colômbia, com interpretação revisitada, pelo grupo paulistano, de boleros, cumbias e muito cha cha cha. No repertório, clássicos de Willie Colon/Hecyor Lavoe, Orchestra Harlow, Conjunto Chappottín, Arsenio Rodriguez, Lucho Bermúdez e Simon Diaz, entre outros. Convidado do grupo, Ferrer nasceu em Santiago de Cuba e é considerado um dos nomes mais expressivos da atual música latina, tendo se apresentado em diversos países, da América ao Oriente Médio.

Às 20h, Yaniel Matos (jazzista e violoncelista cubano radicado na capital paulista), que já se apresentou com Carlinhos Brown e Fabiana Cozza, compartilhará o palco com os músicos Cuca Teixeira (bateria), Sidiel Vieira (baixo) e Luiz Cabrera (sax). Na sequência, às 22h, a banda Batanga & Cia se apresentará com um repertório que explora diversos gêneros da música popular de Cuba e do Brasil. Sua formação conta com percussão, flauta, piano e contrabaixo , que, em harmonia, transformam os ritmos cubanos que se aproxima ora do samba, ora do chorinho.

A agenda de shows do festival se encerrará à meia-noite com “Timba Havana Convida Marina de la Riva”.  A orquestra, formada por 12 músicos cubanos e brasileiros, é conhecida pela interpretação de temas autorais e composições consagradas do universo ‘salsero’. O grupo tem por proposta a timba, gênero cubano considerado ‘a evolução da salsa’ que vem conquistando plateias desde o início da década de 90. Como convidada, a cantora brasileira Marina de la Riva, filha de pai cubano, que mescla em suas canções elementos da música latina com a brasileira.

PREMIAÇÃO

Um dos momentos mais aguardados do evento será um concurso de danças populares cubanas – como guaguancó, pilón, mambo, cha cha cha, casino e son – que oferecerá aos vencedores uma viagem de uma semana de duração para Cuba com todas as despesas pagas. Para participar, basta acessar e se inscrever no site.

SERVIÇO

Festival pelo Dia da Cultura Cubana

Página Oficial do evento.

Onde: Centro Cultural Estação Estrella Galicia Rio Verde – Rua Belmiro Braga 1119 – Vila Madalena

Quando: 2 de novembro (sábado)

Horário: a partir das 15h

Ingresso: grátis

Via Mercado & Eventos

Compartilhar: