Oscar Niemeyer – O Arquiteto do Socialismo

Há artista, e artistas
Mas, Oscar é universal
Reconhecido no mundo inteiro
Por sua obra fenomenal
Arquiteto das formas esplendidas
Um ser humano genial.

Um homem cheio de vida
São mais de cem anos de história
Emprestou a empresta seu talento
As lutas de nosso povo pra preservar sua memória
Homem de ideário socialista
Que acredita na sua vitória.

Um comunista virtuoso
Movido pelo ideal de uma sociedade generosa
Mais humana e mais justa
Fundamentada nas classes laboriosas
Livre da exploração do homem pelo homem
Solidária, progressista e harmoniosa.

Um homem que impressiona o mundo
Com sua espetacular arquitetura
É de uma grandeza solidária
Amigo de todos os povos e todas as culturas
Um homem de consciência social e política rara
Que com os ideais elitistas não se mistura.

Junto com seu amigo Lucio Costa
Planejaram a construção do Distrito Federal
Uma grande obra arquitetônica
Erguida no meio do Planalto Central
Orgulho dos brasileiros
Metrópole do poder central.

Durante sua vida
Pelos seus ideais foi duramente perseguido
Na época da Ditadura Militar
Foi exilado seu escritório semidestruido
Sempre esteve ligado ao partido Comunista
Conviveu com Luiz Carlos Prestes (Cavaleiro da Esperança) Seu amigo querido.

Uma de suas maiores paixões
É seu amor pela juventude
Pela sua irreverência
E rebeldia contra quem te ilude
Seus ideais são sempre jovens,
Essa é sua maior virtude.

A obra do arquiteto incansável
É sinônimo de brasilidade
Seu traço de ousadia
Ousadia na busca da simplicidade
Trabalhou e trabalha todos os dias
É um revolucionário sem vaidade.

Seus traços são inconfundíveis
Cheios de encantos e beleza
Intervindo no meio ambiente sem agredi-lo
Unindo o concreto e a natureza
Expressando o espírito dos homens
Num espetáculo de sutileza.

Pela humanidade
Niemeyer tem um sentimento profundo
Não é apenas um cidadão brasileiro
Mas, um cidadão do mundo
Sua obra está espalhada por todos Continentes
Cheia de esperança, de vida, não se confunde com moribundo.

Afirmava Leonardo da Vince
“Tudo morre no homem menos nas Artes”
O grande arquiteto
Desse mundo faz parte
Um grande mestre da humanidade
Na exuberância da criatividade arquitetônica é um baluarte.

Recebeu o prêmio Nobel de Arquitetura
Sua expressão artística contribui pra nossa identidade Nacional
Representa um pensamento de sabedoria e generosidade
Um exemplo de vida, de cidadão, de consciência e humanismo sem igual
Poeta, arquiteto guerreiro seus traços servem a humanidade
Niemeyer você é imprescindível, você é eterno pela sua arte magistral.

Francisco Batista Pantera é professor, jornalista, poeta e presidente da CTB-RO.

Compartilhar: