Festival Amanhecer Contra a Redução chega a São Paulo no sábado (15)

O Festival Amanhecer Contra a Redução chega à capital paulista com a mesma gana que mantém no Rio de Janeiro, onde reuniu 20 mil pessoas no dia 14 de junho para assistir 80 atrações. Em São Paulo a festa é celebrada na zona sul no Capão Redondo. O bairro onde reside o grupo Racionais Mc’s criou uma leva de artistas, escritores e fortaleceu o movimento hip hop e de resistência à opressão. Como no Rio, os organizadores da versão paulista do festival saem a campo para promover um financiamento coletivo do evento. O festival acontece no sábado (15), a partir do meio dia para defender mais educação, mais cultura, mais políticas públicas para a juventude, mais locais públicos de lazer e mais diálogo com a população sobre o tema.

Justamente porque a mídia faz uma campanha perversa criminalizando a juventude negra e pobre e exagera qualquer acontecimento criminoso em que apareç algum jovem com menos de 18 anos, o evento chega a São Paulo por meio da parceria com duas iniciativas importantes do Capão Redondo: o Banco União Sampaio e a Associação Capão Cidadão, organizações responsáveis por fomentar a economia solidária e atividades para as crianças da região. Participam da organização do Festival outras dezenas de organizações sociais, estudantis, sindicais e partidárias.

Financiamento coletivo

O valor total da festa é de R$ 10 mil, que estão sendo arrecadados por um financiamento coletivo por meio do site: https://beta.benfeitoria.com/amanhecerSP. O dinheiro servirá para viabilizar a montagem da estrutura de som e palco, comprar de equipamentos para as oficinas, confeccionar materiais de divulgação e produzir a decoração da festa.

Shows, cidadania e debates

O Festival começará ao meio dia do sábado (15) com ações de cidadania como corte de cabelo, manicure e exame oftalmológico. Haverá ainda uma aula pública sobre o tema da redução da maioridade penal organizado por estudantes da região com presença de lideranças locais e personalidades. Depois, artistas de diferentes áreas farão apresentações musicais, teatrais e circenses, intervenções ambientais e oficinas.

Uruguai inspirou o movimento

O movimento “Amanhecer contra a redução” é inspirado na campanha “No a La Baja” (“Não à redução”), que conseguiu diminuir de 70% para menos de 50% o percentual de uruguaios favoráveis à redução da maioridade. Com práticas de ações diretas e coletivas, o Amanhecer se utiliza também de simbolismos lúdicos como a figura da pipa para levar à população informações contrárias sobre a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 171, que muda a constituição brasileira e reduz a idade penal para 16 anos. Já foram realizadas intervenções como “pipaços” simultâneos em diversas cidades e Florianópolis também pretende organizar em setembro o seu festival.

Sobre o Capão

A mídia tem procurado a todo momento se posicionar a favor da redução da maioridade penal no Brasil através de argumentos falsos e inconsistentes, por isso é dever de todos e todas produzir contra-informação e mobilizar a população contra mais essa ofensiva do Estado.

Periferia é periferia (Racionais MC’s)

 

A mídia tem procurado a todo momento se posicionar a favor da redução da maioridade penal no Brasil através de argumentos falsos e inconsistentes, por isso é dever de todos e todas produzir contra-informação e mobilizar a população contra mais essa ofensiva do Estado.

Com mais de 250 mil habitantes, o Capão Redondo é uma das principais referências da periferia de São Paulo. O bairro já foi constantemente citado na letra de artistas como os Racionais MC’s e ilustra a narrativa da obra de escritores como Ferréz em seu “Capão Pecado”. O Capão apresenta altos índices de violência e é uma das regiões de São Paulo com maior índice de morte de jovens vítimas de homicídios.

A região apresenta diversos projetos e iniciativas de promoção da cidadania. O Banco União Sampaio oferece serviços financeiros e bancários gerenciados pela comunidade, fazendo com que sejam acessíveis e estimulantes ao desenvolvimento local. Já a Associação Capão Cidadão tem como objetivo combater a violência com atividades culturais e educativas, envolvendo a juventude e a comunidade de forma geral.

Como chegar

O Festival Amanhecer contra a redução SP será realizado no campo de futebol da Associação Capão Cidadão, que fica no endereço rua José Messias, 1.000, Campo do Pantanal. De metrô, vá até o terminal Campo Limpo e depois pegue o ônibus Jardim Rosana. O ponto para desembarcar é no Engenho, Valo Velho, na Av. Carlos Lacerda nº 2876. No sábado (15), ônibus gratuitos sairão do metrô Capão Redondo (Linha 5 Lilás) até o evento. Mais informações sobre os transportes livres serão divulgadas em breve.

Serviço:

Festival Amanhecer Contra a Redução SP

Sábado (15) a partir das 12h

Entrada livre

Contra a redução Rio de Janeiro faz sarau na Mangueira

contra reducao mangueira rj

Na capital fluminense, a campanha contra a reduçaõ continuan a todo vapor e nesta sexta-feria (7), a partir das 17h, ocorre o Sarau Contra a Redução da Maioridade Penal na Mangueira. “Nada melhor do que aliar a reflexão e o debate a manifestações culturais da mesma juventude que mostra todos os dias que tem potencial para contribuir positivamente para a construção de uma nova sociedade”, dizem os organizadores do evento.

Serviço:

17h Panfletagem e exibição de vídeos

18h Debate sobre a redução

19h15 Atrações culturais:

– Sanuto Rapper

– De La Rosa MC

– Us Neguin que não se cala

– Roda de capoeira

Portal CTB com UNE e Amanher Contra a Redução

Compartilhar: