Dia Internacional dos Direitos Humanos terá grande show em SP

A Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) decretou o 10 de dezembro como o Dia Internacional dos Direitos Humanos, em 1948. Para comemorar a data e refletir sobre as questões pertinentes aos direitos de todos e também sobre a diversidade brasileira, a prefeitura de São Paulo promove o 1º Festival de Direitos Humanos – Cidadania nas Ruas, de sábado (7) ao domingo (15). 

A proposta do festival é debater a importância da construção do sentimento de pertencimento à cidade e de uma convivência cidadã nos espaços públicos, além de promover debates sobre a necessidade de se implementar uma política de valorização do ser humano, com respeito à diversidade.

O festival termina no dia 15 de dezembro com um grande show, onde estarão presentes de importantes nomes da música brasileira, com Caetano Veloso, Emicida, Rael, Ellen Oleria, Flora Matos, Tom Zé, Márcia Castro e Baby do Brasil, a partir das 16h30, no Parque do Ibirapuera, com entrada gratuita.

Entre as várias atrações do evento está a Galeria de Fotografia de Rua na Rua, que faz parte de uma exposição urbana de Fotografias de Rua a Céu Aberto.

Serão apresentadas imagens que representam os artigos da Declaração Universal de Direitos Humanos. Ela acontece nas colunas do Minhocão, entre as estações Marechal Deodoro e Santa Cecília do Metrô.

Portal CTB com Catraca Livre e Prefeitura de São Paulo

Clipes de músicas:

Povo Novo (Tom Zé)

{youtube width=”600″ height=”400″}nKYuBIcQRGE{/youtube}

A minha dor está na rua

Ainda crua

Em ato um tanto beato, mas

Calar a boca, nunca mais!

O povo novo quer muito mais

Do que desfile pela paz

 

Mas Quero muito mais

Quero gritar na

Próxima esquina

Olha a menina

O que gritar ah, o

Olha menino, que a direita

Já se azeita,

Querendo entrar na receita, mas

De gororoba, nunca mais

 

Já me deu azia, me deu gastura

Essa politicaradura

Dura,

Que rapa-dura!

Levanta e Anda (Emicida)

{youtube width=”600″ height=”400″}GZgnl5Ocuh8{/youtube}

Era um cômodo incômodo

Sujo como o dragão de komodo

Úmido, eu homem da casa

Aos seis anos

Mofo no canto, todo tv

Engodo pronto pro lodo

Tímido, porra!

Somos reis, mano

Olhos são elétrodos, sério

E o topo, trombo corvos

Num cemitério de sonhos

Graças às leis, planos

Troco de jogo vendo roubo

Pus a cabeça a prêmio, ingênuo

Colhi sorrisos e falei vamos

É um novo tempo momento

Pro novo a sabor do vento

Me movo pelo solo onde reinamos

Pondo pontos finais na dor como

Doril, anador somos a luz do senhor

E pode crê, tamo construindo

Suponho não, creio meto a mão

Meio a escuridão pronto acertamos

Nosso sorriso sereno hoje é o veneno

Pra quem trouxe tanto ódio pra

Onde deitam

 

Quem costuma vir de onde eu sou

Às vezes não tem motivos pra seguir

Então levanta e anda, vai, levanta vai

Levanta e anda

Mais eu sei que doí, que o sonho te traz

Coisas que te faz proseguir

Então levanta e anda vai levanta vai

Levanta e anda

 

Irmão, você não percebeu

Que você é o único representante

Do seu sonho na face da terra

Se isso não fizer você correr, chapa

Eu não sei o que vai

 

Eu sei cansa

Quem morre ao fim do mês

Nossa grana ou nossa esperança

Delírio é equilibro

Entre o nosso martírio e nossa fé

Foi foda conta migalha nos escombros

Lona preta esticadas, enxada no ombro

E nada vim nada em fim

Recria sozinho

Com a alma cheia de mágoa e as panela vazia

Sonho imundo só água na geladeira

E eu querendo salvar o mundo

No fundo é tipo david blaine

A mãe assume, o pai some de costume

No máximo é um sobrenome

Sou o terror dos clone

Esses boy conhece marx

Nois conhece a fome

Então serra os punho sorria

E jamais volte pra sua quebrada de mão e mente vazias

 

Quem costuma vir de onde eu sou

Às vezes não tem motivos pra seguir

Então levanta e anda, vai, levanta vai

Levanta e anda

Mais eu sei que doí que o sonho te traz

Coisas que te faz pronseguir

Então levanta e anda, vai, levanta vai

Levanta e anda

 

Somos maior, nos basta só sonhar, seguir

Acompanhe a programação completa aqui.

 

 

 

 

Compartilhar: