Da Ferrovia do Diabo a Construção das Usinas do Madeira

ferroviadodiabo

Estou na Maria Fumaça
Na Ferrovia do Diabo
No rumo das Usinas
No mundo real perturbado
Onde o passado e o presente
No meu cordel, vai ser comparado.

Há mais de cem anos atrás
Estava em plena construção
A Mad Maria
A pretexto de uma integração
Entre Brasil e Bolívia
Pra borracha fazer a exportação.

Mais de um século depois
Estão terminando duas grandes Usinas
Por cima de parte dos restos mortais da estrada Madeira Mamoré
Estão sendo erguidas as duas meninas
Energia para o sul
Para o Rio, São Paulo e o estado de Minas.

Qualquer semelhança
É pura coincidência?
Do ponto de vista dos trabalhadores
Há alguma aparência?
Entre as duas Usinas que estão sendo concluídas
E a estrada de ferro que morreu em decadência?

A estrada de ferro foi construída
Pra o Brasil endividar
Pra ligar o nada a lugar nenhum
Pra encher os bolsos do pirata Fharquar
Pra o tratado de Petrópolis
O país poder se justificar.

A construção das usinas
De Santo Antônio e Jirau
Tem uma justificativa
Evitar uma crise da energia nacional
Agora eu pergunto?
Onde estão as compensações socioambiental?

Na construção da estrada de ferro
A mão-de-obra especializada era composta por estrangeiros
Os trabalhadores eram tratados
Como porcos no chiqueiro
A exploração era brutal
Contra operários estrangeiros e brasileiros.

Nos canteiros de obras das Usinas
Existe grande exploração
Operários sendo maltratados
Amontoados em barracão
Direitos trabalhistas sendo negados
Pelas empreiteiras da construção.

Com a construção da estrada de ferro
Tribos indígenas foram dizimadas
Com a construção das Usinas
Onde ficavam suas terras hoje estão alagadas
Assim como a construção da estrada de ferro Madeira Mamoré
A construção das Usinas vai deixar suas pegadas.

A Madeira Mamoré railway company
Construiu a Mad Maria
Estão construindo as Usinas
Odebrecht, Camargo Correa e Cia…
A exploração dos trabalhadores continua
Seria inconcebíveis, ser da mesma forma como a mais cem anos se fazia.

Não sou contra a construção das Usinas
Penso que elas fazem parte do desenvolvimento nacional
As empresas que estão fazendo a construção
Tem que ter responsabilidades social e ambiental
Respeite os direitos dos trabalhadores
Pois, na construção dessas grandes obras eles são peças fundamental.

A estrada de ferro Madeira Mamoré
É um símbolo de nossa história
Falar de Rondônia
E não falar dela é omiti-la de nossa memória
Esperamos que após a construção das Usinas
O povo de nosso estado não seja tratado como escória.

Francisco Batista Pantera Professor Jornalista Poeta e Presidente da CTB-RO

Compartilhar: