Gilberto Gil confirma saída do Ministério da Cultura

SÃO PAULO – O ministro da Cultura, Gilberto Gil, confirmou nesta quarta-feira, 30, que vai deixar o comando do ministério, segundo informações da Agência Brasil. Ele disse que vai se reunir com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva nesta tarde para discutir a data de sua saída. Na agenda oficial do presidente, o encontro está marcado para as 16h30. O anúncio foi feito, no Rio, durante a abertura de um seminário sobre direito autoral.

Mais tarde, a Agência Brasil desmentiu a saída de Gil, no entanto, o fato  foi confirmado pelo presidente Lula. "Ele (Gil) teve uma grande recaída: voltar a ser um grande artista. Ele vai priorizar o que é importante para ele", disse.

Gil, no entanto, não quis antecipar quando pretende deixar o cargo ou se vai indicar o substituto. "A notícia será notícia no tempo certo", disse. O ministro avaliou como positivo seu mandato, mas exaltou o trabalho de toda a equipe. Segundo ele, esse período foi "importantíssimo no Ministério da Cultura, por acaso, com o ministro Gil à frente".

Ainda de acordo com o ministro,outro aspecto positivo no comando da pasta foi o reconhecimento como Patrimônio Cultural Brasileiro de elementos da cultura regional como a capoeira, o frevo, o samba de roda e a pintura corporal dos índios.

Gil está no ministério desde o primeiro mandato Lula, em 2003. Desde a semana passada, aumentaram os rumores sobre sua saída. Não é a primeira vez que o cantor diz que vai deixar o governo. No fim do ano passado, ele havia anunciado sua saída, mas voltou atrás a pedido de Lula.

O ministro interino, Juca Ferreira, chega nesta quarta-feira, 30, da Bolívia, após encontro com ministros da Cultura do Mercosul. O interino em exercício é Alfredo Manevy. Gil também acaba de chegar de sua turnê pela Europa e retoma as atividades artísticas no dia 2, quando fará show em Itaipava (RJ). No dia 8, vai a Curitiba (PR), e no dia seguinte toca em Florianópolis (SC).

Gil argumenta que quer voltar à carreira artística e já disse que os discursos prejudicam suas cordas vocais. "Treinei minha voz para o canto, e não para discursos", afirmou na primeira tentativa de deixar o governo. Em outubro do ano passado, Gil foi submetido a uma cirurgia nas cordas vocais para a retirada de dois cistos.

(Com Jotabê Medeiros, de O Estado de S.Paulo )

Compartilhar:

Conteúdo Relacionado

Banda espanhola lança música em homenagem a revolução bolivariana

A banda de ska-punk espanhola “Ska-P” (pronuncia-se Escape) lançou seu novo disco com críticas ao capitalismo, ao consumismo, ao Imperialismo estadounidense e uma música em homenagem a Revolução Bolivariana.

A banda anarco-socialista, que tornou canções como “El vals del obrero” e “Legalización” em hinos populares na Espanha, acaba de lançar a música “El Libertador”, uma canção que inicia recordando Simón Bolívar e em seguida diz “Ha comenzado una nueva revolución y esta vez avanza con convicción / Reforma agraria y justa redistribución, sanidad, cultura y buena educación / respeto y dignidad al indígena, al indígena / Socializar y ¡No a la privatización!, mejoras laborales pa’l trabajador / lo que la tierra ofrece es de la población, contra la oligarquía y el explotador”.

Outra canção do grupo, “Los hijos bastardos de la globalización” (os filhos bastardos da globalização),ataca a ética empresarial que coloca o dinheiro acima de tudo. Em “El Imperio caerá” (O império cairá) é título de outra canção do grupo, muito apropriada para o momento em que vivemos.

Leia abaixo a letra de “El Libertador”. Para ouvir a canção clique aqui

    El Libertador
    Entre miseria, hambre y desolación, en el fango alguien plantó una flor
    un tal Bolívar, le dicen El Libertador, El Libertador

    Gritos de justicia, tierra y libertad vuelven a resonar en Sudamérica
    Ha comenzado una nueva revolución y esta vez avanza con convicción

    Reforma agraria y justa redistribución, sanidad, cultura y buena educación
    respeto y dignidad al indígena, al indígena

    Socializar y ¡¡NO A LA PRIVATIZACIÓN!!, mejoras laborales “pal” trabajador
    lo que la tierra ofrece es de la población, contra la oligarquía y el explotador

    Una guerra de medios manipula la verdad
    Enséñale los dientes a la cara al Tío Sam
    sin dar un paso atrás.

    ADELANTE COMANDANTE, PONTE AL FRENTE CON HONESTIDAD
    COMIENZA A AMANECER EN LATINOAMÉRICA
    PASO FIRME HACIA DELANTE, PISA FUERTE CON ROTUNDIDAD
    CUANDO UN PUEBLO SE SABE ORGANIZAR
    ES UN PUEBLO SABIO Y LIBRE

    Oh oh oh oh! Lejos de la perfección
    se avanza al caminar cuando se tiene ilusión

    Una guerra de medios manipula la verdad…

    ADELANTE COMANDANTE, PONTE AL FRENTE CON HONESTIDAD…

    Oh oh oh oh! Aires de rebelión en Latinoamérica
    Oh oh oh oh! Tiempo de transición en toda América

    ADELANTE COMANDANTE, PONTE AL FRENTE, COMANDANTE
    OH OH OH! DE LATINOAMÉRICA
    PASO FIRME HACIA DELANTE, PISA FUERTE, COMANDANTE
    OH OH OH! EN LATINOAMÉRICA

Para ouvir a canção “El Libertador” clique aqui