A maior festa literária do país termina neste domingo em Paraty (RJ)

 

Em sua 12ª edição a Festa Literária Internacional de Paraty (Flip) termina no domingo (3). Quarenta e sete autores de 15 países poderão ser apreciados por cerca de 25 mil visitantes. Anualmente a Flip recebe grandes autores de diversos países e toda edição um grande autor é homenageado pela Associação Casa Azul, organizadora do evento.

Saiba mais pelo site oficial da festa aqui.

millor-humorista-flipNeste ano, é a vez do jornalista, cartunista, escritor, dramaturgo e humorista Millôr Fernandes (1923-2012) receber as honras de diversos colegas e do público. Sua obra mordaz pode ser apreciada com a vivacidade que foi produzida por quem gosta de humor com inteligência.

Millôr escreveu na revista O Cruzeiro, a principal publicação do país de 1928 aos anos 1960, a revista acabou em 1975. Também foi um dos fundadores do jornal alternativo na época da ditadura (1964-1985) O Pasquim, jornal contra a ditadura (1964-1985), entre outras publicações. “Era o mais independente dos editores num momento em que uma turma de amigos podia se reunir e fundar um jornal”, diz texto da Flip para apresentar o autor carioca.

Desde 2003, a Festa Literária idealizada pela inglesa Liz Calder, lota os hotéis e pousadas da histórica Paraty (RJ), onde todos respiram cultura. A cada edição, a Flip abre espaço para todas as idades com atrações divididas em diversas mesas literárias e também nos palcos, nas praças e nas ruas.

Esta edição foi aberta pela cantora Gal Costa e conta com diversas atividades com a Flipinha dedicada às crianças, filmes, debates, exposições e muitos shows ao ar livre.

 

Acompanhe as novidades pelo Facebook do evento.

flip-livros-3

 

No sábado (2), os escritores Persio Arida, Marcelo Rubens Paiva e Bernardo Kucinski discorrem sobre o tema Memórias do Cárcere: 50 Anos do Golpe e no domingo o físico Marcelo Gleiser e o professor de astrofísica Paulo Varella ensinam o público a Ouvir Estrelas transmitindo muito conhecimento científico sobre o cosmos.

Também no domingo, o escritor português Almeida Faria e o chileno Jorge Edwards discorrem sobre Os Sentidos da Paixão, muito presente em suas obras com paixão, ciúme e erotismo. Ainda dá tempo de acompanhar essas e diversas outras atrações, além de muitas atrações.

Pela primeira vez um escritor russo veio à Flip. Vladimir Sorókin veio à festa para uma palestra sobre a obra do compatriota Fiódor Dostoiévski, autor do clássico Crime e Castigo, entre outras importantes obras da literatura universal.

Acompanhe o dia-a-dia da festa pelo blog da Flip.

Marcos Aurélio Ruy – Portal CTB

Compartilhar: