Seis secretarias da CTB se encontram para empoderar mulheres, jovens, negros e LGBTs

As secretarias da Mulher Trabalhadora, Juventude Trabalhadora, Igualdade Racial, Políticas Sociais, Formação e Cultura e Comunicação realizaram o Encontro Nacional da CTB: Visão Classista sobre a Diversidade Social para planejar as campanhas sobre a igualdade entre os gêneros, as gerações e as cores deste país, de ampla diversidade.

Encontro visao classista ctb 2016 11 19

No primeiro dia, o encontro ocorreu na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do Rio de Janeiro, no centro da capital fluminense (saiba como foi aqui). Já no sábado (19) os debates continuaram na colônia de férias do Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro.

Os 100 participantes inscritos dividiram-se em quatro grupos: igualdade racial, mulheres, juventude e políticas sociais e cidadania. Cada grupo encaminhou as suas propostas específicas levadas à plenária final.

Mônica Custódio, secretária de Promoção da Igualdade Racial da CTB 

Mônica Custódio, secretária de Igualdade Racial ficou responsável por redigir as conclusões finais num documento a ser debatido pelas estaduais rumo ao 4º Congresso da central no ano que vem, quando a CTB comemora 10 anos.

Os participantes ressaltaram a importância do enfrentamento à mídia burguesa hegemônica na sociedade brasileira. Além disso, foram reforçadas as bandeiras contra o machismo, a violência, a discriminação e a opressão, com uma comunicação de massa mais contundente.

Bandeira ctb mastro colonia comerciarios rj 2016 11 19

Também se definiu amplo apoio aos movimentos da juventude em defesa da educação pública e por mais espaços e dos LGBTs pela cidadania plena. Além de intensificar campanhas de combate à violência contra as mulheres, de intolerância religiosa e de combate ao racismo, tão intenso nas redes sociais e nas ruas.

Jesus Cardoso, presidente do Sindmetal-RJ 

No domingo (20) – Dia Nacional da Consciência Negra – os participantes realizaram um ato no Rio de Janeiro para celebrar a data e denunciar a segregação a que os negros e negras ainda são submetidos no Brasil de ponta a ponta.

Acesse o álbum de fotos aqui.

Portal CTB – Marcos Aurélio Ruy

Compartilhar: