Representantes de segmentos culturais reiteram: É prioridade aprovar Lei de Emergência Cultural que será votada nesta terça-feira (26)

Em debate realizado nesta segunda-feira (25) na TV PT, representantes do setor cultural afirmaram que o Projeto de Lei 1075/2020 de auxilio emergencial ao setor da Cultura é fundamental para este momento de pandemia quando o setor está completamente paralisado e trabalhadores da cultura são penalizados. Fruto de movimentação politica das deputadas Jandira Feghali (PCdoB) e Benedita da Silva (PT), respectivamente, relatora e autora do PL, o projeto irá à votação na Câmara dos Deputados nesta terça-feira (26).

Participaram do debate a produtora cultura, Gisella Cavalcanti; Railídia, cantora, jornalista e colaboradora do Portal CTB, e Márcio Tavares, secretário nacional de cultura do Partido dos Trabalhadores. “Acho que o principal agora é que trabalhadores da cultura de todo o Brasil movimentem suas redes sociais com cards, videos em apoio ao Projeto de Lei 1075. Coloquem faixas, cartazes em suas casas pra gente criar uma onda, um movimento de acolhimento do PL pela sociedade para sensibilizar as bancadas partidárias”, disse Railídia ao Portal CTB.

O projeto de Lei 1075 prevê atender vários segmentos da cultura e um dos braços do PL é a criação de linhas de fomento para socorro a pessoas físicas e jurídicas buscando, dentro dos critérios de leis que existem, simplificar o acesso dos trabalhadores da cultura ao recurso durante a pandemia.

Clique AQUI para conhecer o texto do PL

Confira o programa na íntegra transmitido pela TV PT com o tema: Produção Cultural e Coronacrise: como sobreviver

Compartilhar: