Rejeição a Temer no continente americano é de 86%, indica empresa mexicana

Não é só no Brasil que Michel Temer é medalha de ouro em rejeição. Levantamento divulgado por uma empresa mexicana, Consulta Mitofsky, nesta segunda-feira (19), indica que Michel Temer também levou mais essa e alcançou 86% de rejeição no continente americano. O presidente sem voto computa apenas 14% de aprovação. 

Temer é rejeitado por 70% da população brasileira

A Consulta Mitofsky indicou que para ranquear claramente os líderes do continente de acordo com a aprovação da opinião pública foram formados cinco grupos segundo as porcentagens. Com qualificação extraordinária estão os líderes com 65% ou mais de aprovação. Neste grupo, o presidente da República Dominicana, Danilo Medina, aparece mais uma vez como o líder melhor avaliado da América, uma vez que no último mês de maio foi reeleito com 83% dos votos.

Medina é seguido na lista por Daniel Ortega, da Nicarágua, que “com mais de uma centena de meses governando hoje tem 67% de aprovação, passando do quinto posto no ranking anterior à segunda posição no atual”.

Um segundo bloco, integrado por governantes com porcentagens de aprovação entre 64% e 55% e qualificação alta, é liderado pelo presidente do Equador, Rafael Correa, que está no governo de seu país há mais de nove anos.

Sobre a pesquisa

Sobre a metodologia,  a Mitofsky informou que para realizar seu ranking executou uma compilação de pesquisas publicadas nos veículos de comunicação eletrônicos de diversos países e explicou que, “embora as metodologias utilizadas em cada país possam variar, é uma excelente oportunidade para ver em um só documento o nível que cada líder alcança e compará-los entre si”.

Portal CTB – Com informações da agência EFE

Compartilhar: