Por quem a elite brasileira bate panelas?

A nadadora pernambucana Joanna Maranhão, 28 anos, 8 medalhas em pan-americanos e representante brasileira em diversas olimpíadas, volta à baila com suas críticas políticas. Desta vez, Joanna ironizou em sua página no Facebook (confira no destaque) os batedores de panela do high society tupiniquim, em protestos contra a presidenta Dilma, a legenda petista e os políticos do PT. “Denúncia de propina de seu laércio e ninguém bateu tramontina na varanda. Se ele sair, quem assume é ele mermo?”, postou Joanna.

Tudo isso porque os batedores seletivos de panela não se animaram a cair na batida quando, na terça-feira (25), o doleiro Alberto Youssef acusou, em seu depoimento à CPI da Petrobras, o ex-candidato à Presidência Aécio Neves (PSDB-MG) de ter recebido propinas de Furnas (estatal do setor elétrico). Isso significa que a corrupção investigada pela Operação Lava Jato, da Polícia Federal, não se restringe a políticos do PT  – vários nomes da oposição são denunciados, mas a velha mídia finge que não vê, assim como os batedores de panelas.

joanna maranhao panelaco

A atleta já havia postado um vídeo no dia 2 de julho dizendo que no Pan-americano de Toronto, no Canadá, ela não representaria, ao vestir o uniforme da seleção brasileira de natação, o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e todos os que votaram a favor da redução da maioridade penal no dia anterior, após manobra de Cunha, quando a proposta já havia sido rejeitada 24 horas antes.

Essa atitude denunciada por Joanna comprova que os batedores desafinados de panelas são comandados pela oposição ao governo federal que não engole a derrota nas eleições passadas, quando já havia armado a maior festa em Minas Gerais, antes do resultado final. Lembra a postura de Fernando Henrique Cardoso que deu entrevista à Veja, em 1985, sentado na cadeira do prefeito de São Paulo, antes do pleito. Resultado: Jânio Quadros venceu a eleição e desinfetou a cadeira antes de sentar-se e assumir o mandato.

Marcos Aurélio Ruy – Portal CTB

Compartilhar: