Plenária debate luta pela democratização da comunicação em 2014

Com agendas importantes para o ano de 2014, acelerar a Campanha do PlipCom – Projeto de Lei de Iniciativa Popular para uma Comunicação Democrática – se torna cada vez mais urgente, pois esta é a ferramenta fundamental para definir os rumos da regulamentação da comunicação no Brasil. A meta é alcançar um milhão e trezentas mil assinaturas para desinterditar o tema na sociedade e pautar o projeto no Congresso Nacional.

O projeto de lei por uma mídia democrática, como ficou conhecido o PlipCom, é o instrumento dos movimentos, entidades e ativistas desde o ano passado, após a sua aprovação no Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação. No ano passado, primeira fase de mobilização em torno do projeto, os movimentos se concentraram para aglutinar outras entidades e também para explicar os termos da iniciativa popular.

O Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé quer debater junto com representantes dos movimentos sociais e ativistas sobre a forma que essa luta ganhará esse ano, ano em que o Brasil estará na cena mundial, seja porque será palco da Copa do Mundo ou pela eleição presidencial em que os grupos monopolizados da imprensa costumam agir de modo sincronizado.

Outro fator importante é que falta de regulamentação da mídia reforça questões como racismo, homofobia e machismo e é papel decisório na criminalização de diversas lutas legítimas dos movimentos perante a sociedade, por isso a destacada importância dos movimentos sociais.

No dia 6 de fevereiro, próxima quinta-feira, Altamiro Borges irá apresentar pontos importantes do PLIP juntamente com Rosane Bertotti (representante do FNDC); A presença do publicitário responsável pela famosa página “Política no Face”, Mauro Panzera já está confirmada. A reunião começa as 18 horas na sede do Barão, que fica na Rua Rego Freitas 454, na região central.

A participação dos movimentos sociais é muito importante para a construção da Plenária que vai tirar resoluções importantes para a Campanha do Plipcom em 2014. Portanto, venha fazer parte do debate para somar forças à pauta tão urgente como a da democratização da mídia.

Por Cláudia Rocha, da coordenação do Barão de Itararé de SP

Compartilhar: