O povo já não suporta Jair Bolsonaro. Ele foi vaiado e xingado nesta sexta em Vitória

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi vaiado e xingado ao entrar em um avião para cumprimentar passageiros nesta sexta-feira (11) no aeroporto de Vitória, no Espírito Santo.

Passageiros gritavam “Fora, fora, fora Bolsonaro” e “genocida” enquanto o presidente ficou na parte da frente da aeronave. Muitos tiravam fotos e filmaram.

No fato revelam-se os sentimentos de repulsa e indignação popular com o mandatário em cuja gestão o Brasil já chora quase meio milhão de mortes em função de uma política sanitária cujo conteúdo genocida está sendo exposto na CPI da covid.

Preconceito

Enquanto alguns puxa-sacos de dentro do avião o chamaram de “mito”, ele reagiu exibindo preconceito contra pobres. “Quem fala ‘fora, Bolsonaro’ devia estar viajando de jegue”, afirmou o genocida.

O avião, da Azul, ia de Vitória para Campinas. A companhia aérea não se manifestou.

O presidente chegou ao Aeroporto de Vitória por volta das 10h20. Ele tirou a máscara no aeroporto. Isto não é permitido no estado por conta da pandemia da covid-19, mas o presidente se comporta como um cidadão acima da Lei e fiel aliado da morte.

E, como tal, ele cumprimentou bolsonaristas na área externa do aeroporto. Parte de seus fanáticos apoiadores não usava máscara e estava aglomerada. Aglomerações também estão proibidas no estado, mas o presidente se permite agir como um fora da lei.

Com informações do G1

Se inscreva no nosso canal no YouTube /TVClassista

Compartilhar: