Manifestantes protestam contra impeachment na chegada da Tocha Olímpica em Brasília

Movimentos sociais realizaram protesto contra o impeachment da presidenta Dilma Rousseff nesta terça-feira (3) durante a chegada da Tocha Olímpica em Brasília. Pela primeira vez no Brasil, a Tocha foi recebida pela presidenta no Palácio do Planalto, onde teve início o revezamento. Trabalhadores, estudantes e representantes dos movimentos aproveitaram a ocasião para denunciar o golpe em curso no País, com faixas e cartazes contra o impeachment, denunciando o golpe e pedindo a saída de Eduardo Cunha da presidência da Câmara.

 

ATOCHA2

 

O percurso da Tocha na capital federal inclui 105km em 24 horas. O trajeto termina em retorno à Esplanada por volta das 20h50. A lanterna contendo a chama olímpica chegou hoje às 7h25 ao Aeroporto Internacional de Brasília, ponto de partida para um roteiro que, nos próximos 95 dias, incluirá 327 cidades das cinco regiões do País. A Tocha passará pelas mãos de 12 mil pessoas até chegar, no dia 5 de agosto, ao Estádio Maracanã, local onde será acesa a Pira Olímpica e celebrada a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. A chama foi acesa no dia 21 de abril, em frente ao Templo de Hera, localizado na cidade grega de Olímpia.

ATOCHA3

 

Durante a cerimônia de acendimento da Tocha, Dilma afirmou que o Brasil vai receber bem atletas e turistas estrangeiros para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, apesar da grande instabilidade política atual no país. Ela destacou ainda que o Brasil está pronto para realizar a mais bem-sucedida edição das olimpíadas. 

“Sabemos das dificuldades políticas que existem em nosso país hoje. Conhecemos a instabilidade política. O Brasil será capaz de, mesmo convivendo com um período difícil, muito difícil, verdadeiramente crítico da nossa história e da história da democracia do nosso país, conviver porque criamos todas as condições para isso com a melhor recepção de todos os atletas e de todos os visitantes estrangeiros. Tenho certeza de que um país cujo povo sabe lutar pelos seus direitos e que preza e sabe proteger sua democracia é um país onde as Olimpíadas terão o maior sucesso nos próximos meses”, afirmou.

Dilma ressaltou que o povo brasileiro será o melhor anfitrião para atletas e visitantes. “O Brasil é um país onde expressões culturais as mais diversas, inclusive no campo religioso, tem o seu espaço e a sua vez. Essa capacidade de culturas diferentes conviverem de forma respeitosa é uma das principais mensagens que as Olimpíadas e as Paraolimpíadas afirmam como exemplo para humanidade”.

 

ATOCHA4

 

De Brasília, Portal CTB (com informações da Agência Brasil)

Fotos: Mídia Ninja

Compartilhar: