Maia irá priorizar votação da PEC 241 e da reforma da Previdência

Em entrevista à Jovem Pan nesta quinta-feira (08), o presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ) indicou que a reforma da Previdência só será votada após o primeiro turno das eleições municipais. “A tramitação da matéria começará efetivamente dia 3 [de outubro]”, avisou.

Ele destacou que a prioridade é a votação da PEC que reduz drasticamente os investimentos públicos, a PEC 241. Mais destacou que somente depois avançar na reforma da Previdência.

Durante a entrevista, o presidente da Câmara reconheceu que “a reforma da previdência é uma das que gera mais polêmicas” e defendeu a uma mudança nas regras para aposentadoria. Maia ainda classificou como gasto irresponsável os investimentos colocados na Seguridade Social.

Previdência em perigo

O discurso do governo é de que a Previdência precisa ser adaptada ao processo de envelhecimento da população, com o aumento e para isso defende o aumento da idade mínima de aposentadoria. A partir de cálculos puramente fiscais, o que está sendo analisado pelo governo são medidas que unifiquem todos os regimes de aposentadoria – público e privado – a partir de uma idade mínima.

De acordo com o secretário de Previdência, Aposentados e Pensionistas da CTB, Pascoal Carneiro, existem diversas formas de retomar o crescimento da economia sem colocar o peso da crise internacional nas costas da classe trabalhadora. “Como ampliar a contribuição do agronegócio, ou mesmo a taxação das grandes fortunas. Mais uma vez, nos posicionamos contra esse ataque e lutaremos para barrar este projeto que desmonta a Previdência e a entrega ao capital financeiro”.

Segundo ele, a CTB está firme na construção de uma ampla unidade com diversos setores sociais e sindical para mostrar que essa não é uma luta só dos trabalhadores e trabalhadoras, é de toda a sociedade. “Se o governo golpista está intensificando o ataque, precisamos intensificar a luta para resistir a tudo isso”, avisou.

Portal CTB – Joanne Mota, com informações das agências

Compartilhar: