Frente Parlamentar e Popular pela Soberania Nacional e Popular

Será lançada em Brasília no dia 4 de setembro a Frente Parlamentar e Popular pela Soberania Nacional, uma iniciativa de parlamentares de diferentes legendas em parceria com os movimentos sociais. A questão assumiu nova dimensão no governo Bolsonaro, que radicalizou a agenda neoliberal entreguista que vem sendo imposta à nação brasileira desde o golpe de Estado de 2016.

Deputados e lideranças populares se reunião nos dias 4 e 5 no auditório Nereu Ramos da Câmara Federal. A programação inclui um seminário e terá início às 9 horas do dia 4 com a realização de um ato político. O ex-ministro Celso Amorim fará uma exposição sobre o tema.

Também serão abordados assuntos correlatos como a política de privatizações, que prevê a entrega de empresas estratégicas como a Petrobras, Eletrobas, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Correios, além da própria Previdência; as riquezas do pré-sal; o meio ambiente, com ênfase na Amazônia e ciência e tecnologia, entre outros.

Ao final, os participantes devem debater e aprovar um Manifesto em Defesa da Soberania Nacional.

Compartilhar: