CTB inaugura reunião semanal de líderes sindicais

A CTB inaugurou hoje (4) a reunião semanal de líderes sindicais da central e contou com a presença do senador João Capiberibe (PSB/AP) e do deputado Assis Melo (PCdoB/RS) que falaram sobre a situação política atual.

A reunião foi aberta pelo presidente da CTB, Adilson Araújo, que discorreu sobre a importância de que os sindicalistas classistas que atuam em Brasília, à exemplo do que acontece no parlamento, realizarem uma reunião no início de cada semana, com a finalidade de definir a pauta e as estratégias de atuação e intervenção no Congresso Nacional.

Adilson Araújo: não há trégua na luta

O presidente da CTB disse que os empresários tem uma organização permanente, que atua no Congresso, fazendo ‘lobby’ para aprovarem suas propostas. Os interesses da classe trabalhadora, no entanto, não conta com o mesmo aparato de ação para que possam reverberar. “Daí, a importância dessa iniciativa de reunião semanal”, destacou o presidente.

Adilson também falou do momento de desregulamentação dos direitos trabalhistas. “Não podemos titubear na defesa das conquistas da classe trabalhadora. A hora é de resistir a todo custo na defesa dos direitos consagrados na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Não há trégua na luta pela democracia e os direitos sociais e trabalhistas”, reiterou.

Assis Melo: intensificar a relação com as bases

O deputado gaúcho, Assis Melo (PCdoB) destacou que a ofensiva contra os trabalhadores e trabalhadoras está aumentando diariamente. Ao mesmo tempo, o parlamentar propôs uma autocrítica onde se avalie a ausência de propostas que dialoguem mais intimamente com os interesses da classe trabalhadora e a intrínseca e necessária relação entre os sindicatos e suas bases.

“A reforma trabalhista necessária é a discussão sobre o avanço da tecnologia e como ela se comporta na relação entre capital e trabalho. No entanto, vivemos uma sociedade altamente avançada tecnologicamente e ao mesmo tempo retrocedendo ao século 19 do ponto de vista da legislação trabalhista”, afirma Assis Melo.

Capiberibe: a saída é a democracia

João Capiberibe, senador do PSB do Amapá e coordenador da Frente Suprapartidária em defesa das Diretas Já, saudou a iniciativa da CTB em realizar o encontro semanal de líderes sindicais e pela postura de unidade e amplitude que é a marca da central, desde sua fundação. Ele também enfatizou a importância da luta pela restauração da democracia acometida pelo golpe institucional.

“A saída para a situação de crise profunda é fazer a democracia avançar. Na história brasileira, sempre que a democracia começou a ser aprofundada, fomos surpreendidos com rupturas. Para reconciliar a nação é necessário utilizarmos do principal instrumento democrático que é o voto. É preciso antecipar as eleições. Para isso, é necessário mobilizar a sociedade em torno da bandeira das Diretas Já”, afirmou Capiberibe.

Os dirigentes Vicente Selistre, Nara Trindade, Joilson Nascimento, Mário Trindade, Vitor Espinoza, Ailma Oliveira e Aldemir Domício também fizeram saudação aos sindicalistas.

Reunião semanal

O evento ocorrerá todas às terças-feiras, às 8h30 na sede da CTB – PASSI (Posto Avançado de Ação Sindical, Social e Institucional), em Brasília, situado no Ed. Palácio da Imprensa, sobreloja, no Setor de Rádio e TV sul. Todos os dirigentes sindicais que moram em Brasília, ou que cumprem tarefas na capital federal, em virtude de mandatos em entidades nacionais estão convocados à participar.

De Brasília, Sônia Corrêa – Portal CTB (texto e foto)

Compartilhar: