CTB convoca mobilização total nesta sexta (25); 15 estados já confirmaram atos e paralisações

Contra a PEC 55 (Proposta de Emenda à Constituição que corta os investimentos públicos nas áreas sociais) e as reformas da previdência e trabalhista, acontece nesta sexta-feira (25), mais um Dia Nacional de Lutas – com greves, paralisações e mobilizações em todo o Brasil. 

O ato nacional objetiva reafirmar a luta unitária do movimento sindical em torno de quatro temas que estão no cerne dos ataques aos direitos sociais e trabalhistas em curso no país atualmente. São eles: a defesa da aposentadoria e da previdência universal; a defesa da educação e da saúde e o repúdio à PEC 55; a denúncia das decisões do STF que vêm legislando contra os direitos da classe trabalhadora e a defesa do emprego e da redução de jornada sem diminuição de salário.

O presidente nacional da CTB, Adilson Araújo, afirmou que as centrais estão alinhadas na construção do Dia Nacional de Lutas pelo Brasil contra a supressão de direitos, flexibilização e precarização.

“Querem quebrar a espinha dorsal do movimento sindical, e nesse sentido o fortalecimento da unidade e o diálogo com as nossas bases será decisivo no processo de resistência e lutas. O que está posto é uma severa agenda de ataques contra a classe trabalhadora e a resposta unitária para esta conjuntura bastante adversa é resistir a todo custo”, afirmou o dirigente.

Acompanhe a agenda de luta pelo Brasil*

-São Paulo
Ato no INSS
Horário: 11h
Local:  Na porta da Superintendência Regional do Instituto Nacional da Seguridade Social (INSS) – Viaduto Santa Ifigênia, 266, Centro de São Paulo.
Ato BNDES
Horário:  14h
Local: Protesto no BNDES (Defesa do conteúdo Local – Obrigatoriedade de utilização de conteúdo local na produção de carros,  maquinas e equipamentos).

-Rio de Janeiro
Horário: 17h
Local: Ato unificado no final da tarde, na Candelária, com caminhada até a Cinelândia.

-Santa Catarina
9h30 – Aula pública na praça da cidadania
14h30 – Atividade cultura
15h30 – Ato político na UFSC
16h – Marcha até a escola Simão Hess contra a PEC 55
Local: Universidade Federal de São Catarina

-Sergipe
Horário: 6h
Local: Na frente do Tecarmo/Petrobras, Zona Sul de Aracaju, para dizer não à PEC 55 – também conhecida como a PEC do Fim do Mundo.

-Bahia
Horário: 15h
Local: Em frente ao edifício La Vue, na Ladeira da Barra, empreendimento alvo de negociatas envolvendo Geddel e ACM Neto.

-Pará
Horário: 16h
Local: A concentração será na av. Presidente Vargas (em frente ao Teatro da Paz), em Belém.

-Goiás
Horário: 
8h 
Local: 
Praça do Bandeirantes, em Goiânia. Também está prevista a realização de manifestações em portas de fábrica de Goiânia e Catalão.

-Maranhão
Horário: 6 horas
Local: Ato será realizado na Praça São Pedro, retorno do Bacanga, em São Luís. O ato terá por objetivo atingir a produção dos complexos industriais do Itaqui e Pedrinhas.

-Minas Gerais
Horário: A partir das 10 horas
Local: Praça Sete, centro de Belo Horizonte.

-Pernambuco
Horário: 15h
Local:Praça do Derby, em Recife. 

-Paraná
Prevista a realização de assembleias nas portas de fábrica.
Cascavel
Horário: 16h30
Local: Ato político no portal da Prefeitura Municipal.

-Rio Grande do Norte
Horário: 8h
Local: Concentração nas imediações do shopping Midway (av. Bernardo Vieira, 3775 – Tirol), depois segue em caminhada no sentido governadoria.

-Rio Grande do Sul
Horário: 18h
Local: Esquina democrática, no centro de Porto Alegre.

-Ceará
Horário: 8h
Local: Na Praça Portugal, em Fortaleza.

-Amazonas
Horário: 8h
Local: Hospital Universitário Getúlio Vargas, no Boulevard Álvaro Maia, em Manaus.

*Atos confirmados até está quinta-feira (24).

Portal CTB

Compartilhar: