Comunidade do Cumbe protestam contra empresa

Durante muito tempo foi a criação de camarão em cativeiro (Carcinicultura)  que ameaçou a segurança alimentar da comunidade do Cumbe, localizada há 12 km do município de Aracati – CE, com a ação predadora dos empresários que destruíram os manguezais que garantiam  o alimento das famílias. Agora, com a instalação dos parques de energia eólica da empresa Bons Ventos, as dunas estão sendo destruídas, as lagoas são soterradas, e a água retirada das lagoas por carros pipas está sendo usada na construção de uma estrada que tem causado muitos transtornos para os moradores.

Na madrugada do dia 26 de agosto, 70 moradores da comunidade fecharam a estrada de acesso ao parque eólico que está sendo construída para reivindicar que empresa bons Ventos resolva o problema de poeira e lamaçal que impede a circulação das pessoas. Os moradores afirmam que a lama chega até o joelho.

Há anos a comunidade tradicional de pescadores e marisqueiras localizada no Cumbe, há 12 km da sede do município de Aracati, situada no litoral leste do estado é vítima da ocupação desenfreada dos mangues, lagoas e dunas. Porém há um ano, a comunidade passou a ser vitima da empresa Bons Ventos, responsável pela instalação de um Parque eólico sobre as dunas. 
 

Compartilhar: