Com Guedes, o PIB afunda 0,8% no 1º trimestre

O modelo neoliberal de Paulo Guedes, o “salvador da economia brasileira” não tem dado certo. O Produto Interno Bruto recuou 0,8% no trimestre finalizado em maio de 2019. A informação é do Monitor do PIB, divulgado pela FGV (Fundação Getulio Vargas).


Em relação ao trimestre finalizado em fevereiro com o trimestre encerrado em maio, os três grandes setores produtivos registraram recuo: serviços (-0,4%), indústria (-1,4%) e agropecuária (-1,2%).


Dentro dos serviços, a maior redução aconteceu em transportes (-2%). Os serviços de informação foram os únicos a apresentar crescimento (0,2%). Já na indústria, houve queda entre todos os subsetores, com destaque para a indústria extrativa mineral (-4,8%). 

 

Com informações de bancariosbahia.org.br

Compartilhar: