Centrais mobilizam bases para manifestações de sexta-feira

As centrais sindicais estão intensificando a mobilização para o Dia Nacional de Luto e de Luta que será realizado na próxima sexta-feira, 7 de agosto. Os dirigentes, que também levantam a bandeira do Fora Bolsonaro, realizarão reuniões com parlamentares e organizações da sociedade civil com o objetivo de ampliar a luta.

Serão promovidas manifestações de protesto em todo o país contra a conduta irresponsável do governo Bolsonaro em relação à pandemia do coronavírus, que agravou notoriamente a crise sanitária e deixou o Brasil na segunda pior posição em relação à doença no mundo. Já são quase 100 mil mortes.

Nota unificada das centrais lembra que o governo Bolsonaro “contrariou os especialistas em saúde pública, os organismos e protocolos internacionais, negou a pandemia e adotou medidas equivocadas e desastrosas, que desorganizaram as ações de enfrentamento à pandemia, colocando o Brasil, tragicamente, na iminência de atingir 100 mil óbitos ainda em agosto”.

Além de ter contribuído para a perda de milhares de vidas, o descaso e descontrole com os quais o governo tratou a pandemia lançaram o Brasil na maior crise econômica e social de toda a sua história, com a extinção em massa de empregos e de empresas, sustentam os sindicalistas.

Serão usadas várias formas de luta, inclusive paralisações. Veja abaixo o que querem as centrais:

Mobilização sindical e social para a retomada do crescimento econômico com geração de emprego e renda  
A manutenção do Auxílio emergencial de R$ 600,00 até dezembro  
Seguro-desemprego – ampliar parcelas  
Programas voltado para o apoio financeiro e tecnológico às micro e pequenas empresas  
A proteção dos trabalhadores – protocolos, equipamentos e medicamentos  
Investimento no SUS e o papel dos trabalhadores da saúde  
O papel do Estado para a construção da saída da crise  
O investimento publico para a retomada das obras paradas  
O papel dos servidores públicos para o enfrentamento da crise sanitária  
A agenda no Congresso no Segundo semestre – reforma tributária em destaque  
Vetos às MPs – derrubar vetos à MP 936 e outros  
Compartilhar: