Celso Amorim: Bolsonaro fracassou com sua política externa de submissão aos EUA

PorRedação URBS

Et Urbs Magna – Segundo Manoel Schlindwen, da coluna Radar da Veja, na avaliação do ex-ministro de Relações Exteriores de Lula, Celso Amorim, a determinação do presidente dos EUA de suspender a entrada de brasileiros em seu pais “é a demonstração cabal do total fracasso de uma política externa de absoluta submissão“.

Para Amorim (no centro) submissão não teve contrapartida de Trump

Sobre tal submissão à Washington, a publicação diz que Amorim completou sua argumentação dizendo: “Nenhum recompensa. Nenhum toma lá, da dá. É só toma lá e não dá cá”.

Trump tomou a medida neste domingo (24) para tentar conter o avanço do coronavírus no país que já soma 100 mil mortes pela doença, o que ultrapassará a previsão do presidente dos EUA no início deste mês quando afirmou que o país teriam este número de óbitos, mas ainda não há controle.

O Brasil é mencionado constantemente com preocupação pela OMS (Organização Mundial da Saúde), pois os casos da covid-19 se multiplicam assustadoramente seguindo uma linha ascendente e descontrolada, com 365.213 casos confirmados e 22.746 mortes registradas no final da noite de ontem.

Compartilhar: