Campanha para financiamento coletivo de viagens de Dilma alcança R$ 684 mil em uma semana

A campanha on-line para arrecadar fundos e garantir as viagem da presidenta eleita Dilma Rousseff completou nesta quarta-feira (6) uma semana de duração, e já conquistou o posto de maior vaquinha digital (ou “crowdfunding”, na linguagem da Internet) da história do Brasil. O número de participantes tem crescido continuamente depois do primeiro dia explosivo. Neste momento, o valor arrecadado atinge R$ 683.981, com mais de 10 mil contribuições individuais.

O projeto, chamado de “Jornada pela Democracia – Todos por Dilma”, arrecada fundos para apoiar viagens de Dilma pelo país, usando uma página na plataforma Catarse. Ele foi iniciado depois que o golpista Michel Temer a impediu de usar as aeronaves da Força Aérea Brasileira para fazer sua campanha de defesa contra o impeachment. Já nos primeiros dois dias, a meta de arrecadação de R$ 500 mil foi superada.

A iniciativa foi criada por amigas de Dilma, Guiomar Lopes e Celeste Martins. Ambas lutaram contra a ditadura e desenvolveram este projeto para ajudar a luta pela democracia. O objetivo é possibilitar que Dilma vá a diversas localidades do Brasil para denunciar o golpe e reforçar que não existiu crime de responsabilidade para justificar um afastamento. “Precisamos somar esforços e contribuir para que a resistência ao golpe possa avançar”, escreveram Guiomar e Celeste na página do projeto. Para as criadoras, mostrar que o impeachment é fraudulento requer conversar com parlamentares, representantes de instituições e de movimentos sociais. Requer, sobretudo, estar junto a cidadãs e cidadãos de todo o país, alertando e mobilizando sobre o papel fundamental de cada um na resistência ao golpe.

A plataforma aceita doações de pessoas físicas residentes no Brasil. Cada participante recebe uma recompensa simbólica: a citação do seu nome no site da presidenta, um vídeo de agradecimento e uma foto oficial da Dilma autografada. Na próxima sexta-feira (8), Dilma participará do ato “Mulheres com Dilma em Defesa da Democracia”, na Casa de Portugal, no centro de São Paulo. O evento já faz parte da Jornada pela Democracia.

Portal CTB

Compartilhar: