Brasil elimina impostos de 3.200 produtos equatorianos

QUITO, 1 OUT (ANSA) – O Brasil decidiu eliminar de forma unilateral os impostos de 3.200 itens produtos equatorianos, entre os quais estão os mariscos, o pescado, as frutas e peças de automóveis, segundo informou hoje o vice-ministro das Relações Exteriores, Comércio e Integração equatoriano, Julio Oleas.

"A medida beneficia o Equador, mas também promove uma relação comercial bilateral mais dinâmica e equitativa", informou o vice-ministro em um comunicado.

Segundo a Chancelaria equatoriana, Quito não tem obrigações de tomar medidas semelhantes em favor de Brasília, e explica que tal decisão faz parte de uma iniciativa comercial estimulada desde outubro de 2008 e concretizada durante a visita oficial realizada por ele, que acompanhava o chanceler Fander Falconí, ao Brasil.

Na ocasião, em 24 de agosto passado, ambos se reuniram com o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim.

Entre os produtos estão pescados, mariscos, frutas, óleos, ceras, condimentos de carnes, veículos terrestres e autopeças. "Este é um passo significativo para intensificar as relações bilaterais, dando-lhes condições sustentáveis a longo prazo e ao processo de integração regional", concluiu a nota da Chancelaria equatoriana.

(ANSA)

 

Compartilhar: