Ataque à democracia é marca de Bolsonaro

A Deputada Federal Lídice da Mata (PSB/BA) participou da Reunião da Diretoria Plena da CTB, onde fez uma excelente análise da conjuntura atual e dos desafios da oposição ao governo.

Para a deputada, o governo federal demonstra a cada dia não ter empatia com o povo sofrido. Tem uma ação marcada pela retirada de direitos dos trabalhadores.

O Governo advoga a idéia do Estado mínimo. Em sua análise, Lídice da Mata fala sobre as diferenças de atitude frente a pandemia: a forma como tratou a China e a forma como vem tratando os EUA e o Brasil. O Governo Brasileiro defendeu claramente que não houvesse um isolamento total, sem se preocupar com a preservação da vida das pessoas.

Os partidos da minoria no Congresso definiram defender as recomendações da OMS, que afirmava o isolamento social como medida para impedir o avanço da pandemia. Os partidos da minoria defenderam também como ação principal a renda básica emergencial para a população. Segundo Lídice, o governo enviou projeto com 200 reais, o que foi considerado muito baixo pelo Congresso. No fim aprovada a renda básica de 600 reais, podendo chegar até 1200 reais.

A iniciativa dos partidos de oposição no Congresso era alcançar segmentos amplos da população, de modo que o Estado brasileiro investir na vida de seu povo para assegurar as condições objetivas da não contaminação e da sobrevivência.

Lídice fala ainda sobre a eclosão de pedidos de impeachment contra Bolsonaro.

A Reunião da Diretoria Plena da CTB foi realizada em 28/04/2020.

Assista o vídeo:

Compartilhar: