Sindicato dos Comerciários de Irecê aciona Justiça do Trabalho e consegue reintegrar dirigente sindical demitido sem justa causa

Após a empresa Magazine Luiza de Irecê tomar conhecimento de que Ézio Moreira da Silva havia sido eleito dirigente sindical do Sindicato dos Comerciários de Irecê e Região para o o triênio de 2020/2023, a empresa dispensou sem justa causa o trabalhador. Nesta quinta-feira (7) o Sindicato divulgou que a Vara Única do Trabalho de Irecê determinou através de liminar a reintegração de Ézio após ação impetrada pela entidade. Se a empresa não reintegrar Ézio em 24 horas pagará multa diária de R$ 1.000,00.

A Ação do sindicato buscou garantir ao dirigente o pagamento de todos os direitos trabalhistas relativos ao período de afastamento. Por ser dirigente sindical, Ézio tem estabilidade no trabalho.

O sindicato afirmou nas redes sociais que “Apesar das manobras do governo para desmontar e enfraquecer o movimento sindical, a Justiça do Trabalho, continua sendo um dos mais efetivos instrumentos de defesa dos trabalhadores e trabalhadoras, junto as entidades representativas de classes”.

Segundo o presidente do Sindicato, Rafael Sydartha a decisão fortalece não só a categoria dos Comerciários, mas também todo o movimento sindical. O dirigente ressaltou ainda, que os dirigentes precisam lutar e se unir para acabar com os ataques orquestrados de vários setores contra o movimento sindical.

Por Railídia Carvalho com informações do Instagram do Sindicato dos Comerciários de Irecê e Região 

Compartilhar: