Vitória da mobilização dos trabalhadores: Alerj suspende privatização da Cedae

Um dia de vitória para os trabalhadores da Cedae e das entidades organizadas que lutaram pela suspensão do leilão da companhia, que estava marcada para esta sexta-feira (30). Mais de mil pessoas estiveram na porta da Alerj para gritar em defesa da Cedae pública.

Para o presidente do Sintsama-RJ, Humberto Lemos, “foi uma significativa e importante para os trabalhadores, que contou com o apoio dos deputados que votaram favorável ao projeto que impede a venda da Cedae. Agora o judiciário não pode recorrer, pois vai acarretar muitos desdobramentos jurídicos. Venceu a democracia com a votação do decreto legislativo. Não vivemos uma ditadura e os poderes precisam ser respeitados. Parabéns a todos que estiveram presentes neste belo ato de hoje”.

O ato de massa contou com a presença de trabalhadores de vários setores da Cedae – Capital, Interior e Baixada – e das empresas terceirizadas e do movimento comunitário, como Cidade de Deus, Vlia Kennedy, Lixão, Comunidade da Galinha (Eng. De Dentro), Lins, Zona Sul, MAB, movimento estudantil, UNE, lideranças sindicais, CTB, CUT e vários partidos políticos.

No ano falaram diversos parlamentares: Paulo Ramos, Enfermeira Rejane, Renata Souza, Dani Monteiro, Gustavo Schmidt, vereador de São Gonçalo, Josimar, entre outros.

Os deputados estaduais aprovaram o PDL 57/2021, por 35 votos. Tiveram ainda 22 votos contra a duas abstenções.

Compartilhar: