Comerciários do Rio de Janeiro comemoram 7 anos de retomada do sindicato

Comerciários do Rio em festa pelos 7 anos da retomada do sindicato

Há sete anos os comerciários do Rio de Janeiro viravam uma página da história: após uma eleição dura, mas marcada por coragem e resistência, os trabalhadores e trabalhadoras conseguiram regatar o sindicato que havia sido totalmente tomado pela família Mata Roma, que durante anos usou a entidade para benefício próprio.

Com a chegada da nova diretoria, o sindicato passou a ser novamente uma ferramenta de luta em defesa da classe trabalhadora, e por isso todo ano, no dia 18 de junho, é dia de festa. Neste ano de 2022 não foi diferente, e a alegria tomou conta do Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro.

“Difícil agradecer a todos sem esquecer de nenhum. São sete anos de muitas lutas e conquistas. O 18 de junho é sempre um momento muito especial para todos nós. Uma data que ficou marcada na história do movimento sindical brasileiro. Um dia para ficar registrado e que a gente faz questão de comemorar todos os anos”, comemorou Márcio Ayer, presidente do Sindicato dos Comerciários.

Em comemoração a esses 7 anos de retomada, os comerciários celebraram as conquistas deste período, relembraram suas lutas e foram homenageados por autoridades e atores que integram o espaço político e da luta classista.

A comemoração contou com as presenças da vice-presidenta da CTB, Kátia Branco, da professora da UFRJ, Dani Balbi, do vereador de Belford Roxo, Igo Menezes, João Batista Lemos, da direção nacional da CTB, da líder comunitária, Camila Moradia, e da deputada estadual e autora da lei do Dia de Luta dos Comerciários, Enfermeira Rejane. Todos os presentes enalteceram a condução da aguerrida diretoria da entidade em prol da categoria. 

A CTB-RJ homenageou o presidente, Márcio Ayer, pela sua luta incansável à frente de um dos maiores sindicatos do país. A deputada Enfermeira Rejane emocionou a todos com a surpresa ao conceder ao presidente, Márcio Ayer, o Diploma Leonel Brizola, da Alerj, por mérito em defesa dos trabalhadores. 

Mesmo quem não pode comparecer mandou um vídeo para homenagear a diretoria do Sindicato, como o presidente da Alerj, André Ceciliano, entre outros.

DA CTB, com o SEC-RJ

Compartilhar: