SINASEFE realiza ato “Fora Bolsonaro e Mourão” neste sábado

O Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica de Minas Gerais (SINASEFE –IFMG) e o Coletivo Alvorada realizam neste sábado (22) mais um ato “Fora Bolsonaro e Mourão” nas cidades de Sabará, Santa Luzia e Ribeirão das Neves.

O diretor do sindicato, Pedro Peixe, reforça as bandeiras de luta do Sindicato e denuncia o corte do governo Bolsonaro no orçamento dos Institutos Federais de Ensino para o próximo ano.

“Nosso objetivo é denunciar o corte covarde de R$ 18,2 bilhões no orçamento de 2021 das universidades e institutos federais de ensino. Trata-se de um retrocesso absoluto e inaceitável”, afirma ele ao lembrar também da administração privatista e irresponsável do governador Romeu Zema (Partido Novo).

Essa não é a primeira vez que o grupo se manifesta. Os atos já ocorreram também nas cidades de Itabirito, Mariana, Ouro Preto, Ponte Nova, Conselheiro Lafaiete, Ouro Branco, Congonhas, Governador Valadares, São João Evangelista, Ipatinga, Formiga, Piumhi e Arcos.
Nessas ocasiões, o grupo estende imensas faixas com alguns dizeres como “Fora Bolsonaro e Mourão” e em defesa da educação pública.

O diretor do sindicato explica que “as manifestações não são convocadas para evitar aglomerações e que o combinado são de, no máximo, dez pessoas presentes, de máscaras e com distância uma das outras seguindo as recomendações sanitárias. As mobilizações são em horários de baixa circulação de pessoas”.

Neste sábado (22), o primeiro ato será na cidade histórica de Sabará, às 6h, na Igreja do Ó.
Em seguida, o grupo segue para a cidade de Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). Lá, o ato será às 8h, na Praça da Juventude (Av. Venâncio Pereira dos Santos), Conjunto Cristina, São Benedito.

A última parada será na cidade de Ribeirão das Neves, também na RMBH. O grupo vai se concentrar próximo à rua Vera Lúcia de Oliveira Andrade, na Vila Esplanada, às 10h.

Compartilhar: