Para José Dirceu solução é “Fora Bolsonaro”

O ex-deputado e ex-ministro José Dirceu afirmou que a única alternativa racional para a aguda crise sanitária, econômica e política que o país vive no momento está sintetizada na palavra-de-ordem “Fora Bolsonaro”, objeto de uma campanha nacional lançada na segunda-feira (18) pela CTB em unidade com outras 10 centrais sindicais.

Dirceu foi o outro orador convidado para a live promovida pela CTB, ao lado do presidente da Fundação Maurício Grabois, Renato Rabelo. Ele chamou a atenção para a crescente militarização do governo, destacando que as Forças Armadas não se subordinam ao poder civil.

Governo militar

“O governo é militar”, observou. Lembrou que “toda a história brasileira é marcada pela intervenção militar e a tutela militar, que presenciamos hoje, paralisa oposição liberal de direita”.

Assim como Rabelo, Dirceu deplorou o fato de que a diplomacia brasileira esteja rastejando para os EUA. Opinou que a tarefa principal das forças democráticas e progressistas no Brasil hoje é defender a democracia, o que requer ampla unidade.

Em tom autocrítico, o ex-deputado disse que as forças de esquerda que estiveram à frente do poder Executivo nos governos Lula e Dilma descuidaram da organização popular. “Não fizemos a politiação e organização necessária do povo”, reconheceu, advogando um maior trabalho das militâncias nos bairros com o objetivo de conscientizar e organizar o povo.

Dirceu disse que a saída para a crise passa pelo Fora Bolsonaro. “Não temos alternativa, Bolsonaro está levando o país para uma tragédia”, argumentou, ressaltando ao mesmo tempo que é preciso “criar as condições sociais e políticas para concretizar isto”.

Compartilhar: