Dirigentes das centrais formam Comitê Sindical em apoio a Manuela no segundo turno de Porto Alegre

A candidata do PCdoB ao segundo turno das eleições para a Prefeitura de Porto Alegre, Manuela D´Ávila, conquistou o apoio da maioria dos dirigentes das centrais com presença na capital gaúcha (CTB, CUT, CSB, Intersindical, UGT e Forum). Eles unificaram esforços e criaram um Comitê Sindical com o objetivo de promover a campanha de Manuela e Rossetto (vice indicado pelo PT) no movimento trabalhista.

A candidata reúne um amplo leque de forças em apoio à sua candidatura que tem raízes nas lutas democráticas e compromisso em combater o racismo, a misoginia, o desemprego e defender os interesses do povo. Em seu programa de governo, Manuela afirma que “uma cidade mais justa se faz com mais segurança, emprego, e moradia digna para todas e todos”.

Para a geração de empregos na cidade, em contraposição à política neoliberal de corte de gastos e investimentos, ela promete um programa de microcrédito, retomada das obras públicas e ampliação das compras realizadas pela Prefeitura. A candidata comunista tem sido alvo de uma campanha rasteira de Fake News e calúnias desencadeada pela direita e extrema direita não só em Porto Alegre, mas em todo o país.

No próximo domingo (29) ela enfrenta o candidato das forças conservadoras e do bolsonarismo, Sebastião Melo, do MDB.

Compartilhar: