CTB

Promovida pela CTB em parceria com movimentos sociais, lavagem da estátua de Zumbi foi um ato simbólico de resistência

A celebração do 20 de Novembro – Dia Nacional de Zumbi dos Palmares e da Consciência Negra foi uma ação simbólica de resistência popular em São Paulo (SP). No centro histórico da cidade foi realizada a lavagem da estátua de Zumbi dos Palmares, obra do artista plástico Jofre e uma iniciativa do ex-secretário da Igualdade Racial do município e CEO da Revista Raça, Mauricio Pestana.

A CTB atuou em parceria com movimentos sociais e culturais e as baianas da Escola de Samba Vai-Vai promoveram. A ação foi idealizada pela Central em conjunto com Conam, Facesp, UBM, CMB, Chocolatte da Vila Maria, Unegro e CNAB. O evento contou também com a presença do Cônsul Geral de Cuba em São Paulo, Pedro Monzón e integrantes do Direitos Já – Fórum Pela Democracia.

Segundo Adilson Araújo, presidente nacional da Central dos Trabalhadores e Trabalhadores do Brasil a iniciativa foi inspirada numa experiência do movimento negro da Bahia iniciada em 2008. “Em Salvador, já faz 13 anos que lavamos a estátua de Zumbi dos Palmares no 20 de Novembro. Em São Paulo, sob os signos da contemplação da obra inaugurada por Maurício Pestana, proclamamos a nossa história de luta por liberdade, igualdade e fraternidade”.

“Em nome da CTB”, complementou, “agradecemos a todas e todos que contribuíram para o êxito da nossa participação nos atos do 20 de novembro. CTB na luta pra valer!”

Compartilhar: