Veja como será o ato das centrais e movimentos sociais amanhã em Brasília contra a fome e pelo auxílio de R$ 600,00

As Centrais Sindicais e os Movimentos Sociais realizam nesta quarta (26), de forma unitária, um ato presencial em Brasília, em frente ao Congresso Nacional. Serão evitadas aglomerações e respeitados todos os protocolos sanitários para evitar contágio e propagação do Coronavírus (confira mais abaixo como será o ato).

A manifestação tem o objetivo de denunciar e combater a fome e a carestia no Brasil e defender a elevação do valor do auxílio emergencial de R$ 600,00, vacina urgente e garantia de alimentação para o povo.

Também ratearam o custo das doações de três toneladas de alimentos agroecológicos a trabalhadores cooperativados. A mobilização terá as presenças e falas dos presidentes nacionais das centrais sindicais e das lideranças dos movimentos sociais, além de parlamentares. Todos falarão do alto de um caminhão de som, voltados ao Parlamento.

O ato será integralmente transmitido, ao vivo, para todo o Brasil, via redes sociais e Youtube dos organizadores, marcará o lançamento e a entrega a lideranças partidárias no Congresso Nacional da primeira Agenda Legislativa das Centrais Sindicais. Os sindicalistas também solicitaram audiência com os presidentes Arthur Lira (Câmara dos Deputados) e Rodrigo Pacheco (Senado) aos quais entregarão o documento.

Feita em conjunto com o DIAP, a Agenda é uma forma de resistência e atuação propositiva junto ao Congresso Nacional, que traz o posicionamento e faz propostas do movimento sindical a 23 projetos em tramitação na Câmara dos Deputados e Senado. Esses projetos afetam diretamente a vida e os direitos da classe trabalhadora, como a reforma administrativa, privatizações, auxílio emergencial, geração de emprego e renda.

Como será o ato das centrais e movimentos sociais:

  • 7h  Chegada dos caminhões com as cestas do MST e da CONTAG no estacionamento da Rodoferroviária de Basília
  • 7h30 Os caminhões partem para a Esplanada dos Ministério, atravessando todo Eixo monumental, pela faixa mais à esquerda
  • 8h – CENÁRIO MONTADO
    Chegada dos caminhões com as cestas verdes na Esplanada
  • 9h  passagem pela tenda de protocolo sanitário
  • 10h início das falas, com d parlamentares
  • 10H30 início das falas dos organizadores (Centrais, MST, Contag, Frentes)
  • 11H30 – FIM DAS FALAS (NO CAMINHÃO)
  • 11h30 em diante – entrega da Agenda Legislativa da Classe Trabalhadora
  • VISUAL – Durante o ato, em frente ao caminhão de som, serão colocados três carrinhos de compras (aqueles de supermercado) com produtos possíveis de comprar com o auxílio emergencial (R$ 600 reais e R$ 1,2 mil), de 2020, e com o valor médio atual, R$ 250,00. Faixas com o mote do ato – Vacina no Braço/Comida no Prato; Pelo auxílio de R$600 – também estarão dispostas no gramado.
  • PROTOCOLO – Ao lado do caminhão de som, haverá barraca para reforçar o respeito aos protocolos sanitários: distribuição e orientação ao uso de máscaras, medição de temperatura, instruções para manter distanciamento etc.
Compartilhar: