Operários do Complexo Ford na Bahia conquistam 4 anos de estabilidade

A campanha salarial dos operários do Complexo Ford, em Camaçari, na Bahia, encerram sua campanha salarial com chave de ouro nesta terça-feira (17). Sob a liderança do Sindicato dos Metalúrgicos, presidido pelo operário Júlio Bonfim, a categoria conquistou a estabilidade no emprego por quatro anos, aumento real de salários e o compromisso de que a multinacional irá produzir outros produtos no complexo para introduzir no mercado, o que supõe a ampliação do nível de emprego com novas contratações.

A proposta apresentada pelo Sindicato, referendada em assembleia pelos operários, foi acatada pela empresa. Desta forma, as demissões em massa que chegaram a ser anunciadas foram suspensas, os empregos estão garantidos, assim como aumento real dos salários, do PLR, cartão alimentação, além da manutenção do plano de saúde e outros benefícios.

Vitória histórica

Num cenário de crise econômica, agravada agora pela pandemia do coronavírus e a ofensiva neoliberal contra os direitos e conquistas trabalhistas, não restam dúvidas de que o acordo celebrado em Camaçari constitui uma vitória histórica e um sinal a mais de que com luta e determinação é possível evitar retrocessos e até avançar nas conquistas.

Para Bonfim, foi “um acordo histórico”

“Este acordo é histórico para os trabalhadores do Complexo Ford”, celebrou Júlio Bonfim. “Conquistamos a estabilidade coletiva do emprego, num momento delicado de crise na economia e de crescimento do desemprego no país. Uma expressiva prova de força e capacidade de negociação dos metalúrgicos em Camaçari”.

Veja o jornal da categoria editado pelo Sindicato, que é filiado à CTB.

Compartilhar:

Conteúdo Relacionado