Sidebar

27
Seg, Maio

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Um dia após a celebração de um Dia do Trabalhador extraordinário, que reuniu mais de milhão de pessoas, milhares de ativistas, representantes de movimentos sociais e sindicais de cinco continentes,foram convidados a prestigiar o Encontro de Solidariedade a Cuba, no Palácio de Convenções de Havana, na manhã da sexta-feira (2).

Promovido pela Central dos Trabalhadores de Cuba (CTC) em comemoração aos seus 75 anos, o evento lotou o auditório com dirigentes de diversos países que reforçaram o apoio à ilha condenando o bloqueio nefasto ao povo e sua economia. O ano também marca o 101º aniversário do líder revolucionário José Martí.

Durante o ato de abertura, o secretário geral da Central de Trabalhadores de Cuba (CTC), Ulises Guilarte de Nacimiento, agradeceu o apoio dado à Ilha ao longo do tempo por parte de líderes e membros de diversas organizações sindicais e de movimentos de solidariedade.

IMG 2711

A esse respeito, recordou que tal respaldo se vê expressado em questões como a rejeição ao bloqueio econômico, financeiro e comercial norte-americano imposto contra a Ilha há mais de meio século e na batalha pela liberdade dos antiterroristas cubanos presos nos Estados Unidos desde 1998, por prevenir ações violentas contra Cuba.

O sindicalista criticou a manipulação de um tema tão sensível como o terrorismo internacional para o converter em instrumento da política contra a Ilha, após nesta semana Washington ratificar a designação de Cuba como "Estado Patrocinador do Terrorismo".

O dirigente da CTC reivindicou "que se exclua definitivamente do país desta lista espúria, unilateral e arbitrária que é uma afronta ao povo cubano e desacredita o próprio Governo dos Estados Unidos".
Guilarte recordou que a resposta a essa manobra do Governo norte-americano se viu evidenciada na grande Marcha do 1 de Maio, onde o povo cubano respaldou a obra da Revolução e reafirmou a convicção de seguir construindo um socialismo próspero e sustentável.

Na questão internacional, o secretário-geral da CTC manifestou o apoio e solidariedade com a Revolução Bolivariana e o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, frente às tentativas desestabilizadoras da direita e defendeu também a unidade do movimento sindical.

Também ressaltou os desafios do proletariado cubano na frente econômica em áreas da construção e aperfeiçoamento de um socialismo próspero para preservar as conquistas sociais alcançadas.

Guilarte reforçou o compromisso com as condições laborais dos trabalhadores de Cuba e do mundo. “Compartilhamos essa jornada contra a crise e em defesa de emprego para o trabalhador. Nosso papel não pode se limitar, pois temos que fortalecer a política de valorização do povo cubano com a erradicação do analfabetismo e a luta para derrotar a política neoliberal”, destacou.

“Temos que continuar a lutar para oferecer melhores condições de trabalho e a qualidade de vida para o nosso povo e tenho plena convicção que vamos continuar a construir um socialista com solidariedade e sustentabilidade. Essa é a nossa responsabilidade!”, reforçou.

Liberdade

Durante as intervenções a CTB foi representada por seu vice-presidente, Severino Almeida, que externou o sentimento de orgulho e solidariedade dos cetebistas ao presenciarem a Marcha do 1º de Maio. "Como marinheiro passei por 69 países, e nunca encontrei um pais com tanta liberdade como em Cuba, com um compromisso em tornar homens e mulheres iguais. Para toda a pessoa que tem compromisso por um mundo melhor, vir a Cuba é uma oportunidade única e especial”, destacou.

IMG 2753

Em uníssono as intervenções de dirigentes da Coréia, França, EUA, Jamaica, Congo, Argentina, Reino Unido entre outros repudiaram a atitude norte americana e a opressão que o imperialismo exerce sobre as nações.

De todos os cantos do pais, do Japão até o Congo trabalhadores reforçaram seu laço de solidariedade a Cuba e aos cinco heróis cubanos, três ainda presos nos EUA, condenados por terrorismo. "Resistência cubana contra imperialismo. Esse é o nosso papel histórico, pois a historia não se detém e a revolução vai vencer".

Os dois heróis cubanos libertos, René González e Fernando González agradecem ao apoio recebido e convocaram a todos e todas a intensificaram sua mobilização para a libertação dos três cubanos ainda presos.

IMG 2852

"Vocês e suas cartas fizeram muita diferença e levaram conforto a nós. Agradecemos do fundo do coração . Nesse contexto, lembro que o 1 de Maio é uma luta que custou muito sangue da luta por condições de trabalho desde o inicio do processo de exploração do homens sobre o homem. Os três que estão presos ainda foram condenados por participar dessa luta histórica contra a exploração do capital sobre o trabalhador. Por isso convoco vocês a intensificaram essa mobilização enviando mensagens a Washington D.C, para que tenha vergonha do mundo diante de sua atitude. Queremos que se juntem a nos para que na ação que realizaremos ente 04 e 11 de julho chovam mensagens em Washington. Devemos lutar pela libertação dos companheiros e quando acontecer vamos celebrar aqui, e será uma vitória do trabalhador sobre o capital", convocou René.

Entre os dias 04 e 11 de junho será realizada a "Terceira Jornada de Cinco Dias pelos Cinco", em Washington DC. Durante os cinco dias de mobilização serão realizadas diversas atividades: um corpo a corpo com os congressistas a favor da libertação dos três cubanos ainda presos, conferências sobre a relação entre os Estados Unidos e Cuba, concertos e manifestações em frente à Casa Branca.

"Sabemos da dificuldade de fazer essa luta em diversos países que possuem mídias que silenciam as mensagens, por isso queremos manifestar nossa gratidão aqueles que se mantiveram firmes. Agradecemos a solidariedade manifestada a Cuba e aos Cinco e posso garantir que os três companheiros voltarão", encerrou Fernando sob uma salva de palmas.

Ao final do Encontro, o secretário de Relações Internacionais, Divanilton Pereira, recebeu em nome da CTB, uma condecoração em comemoração aos 75 anos da CTC. “Me sinto honrado em receber essa condecoração em nome da CTB. Homenagem que é destinada a todos os cetebistas e os trabalhadores que representamos”, afirmou.

 IMG 2873


IMG 2899


IMG 2946


IMG 2964

De Havana, Cuba

Cinthia Ribas- Portal CTB

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.