Sidebar

22
Qua, Ago

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A greve de 72 horas convocada pelas trabalhadoras e trabalhadores eletricitários é uma ação importante dentro da grande batalha que a classe trabalhadora trava hoje no Brasil.

Tal como fizeram com o Pré-sal, o projeto entreguista liderado por Michel Temer quer acabar com mais um setor estratégico para o país, setor esse que foi fundamental nos anos de crescimento e ganhos para o nosso povo.

A luta contra a privatização da Eletrobras é a luta em defesa da soberania e do emprego de milhões de brasileiros e brasileiras. Essa luta também é pelo entendimento de que uma vez privatizada Eletrobrás, o acesso à energia será definido pelo poder de quem pode ou não pagar.

Lembremos que o Programa Luz Para Todos, peça imprescindível de um projeto inclusivo, só foi possível porque a Eletrobrás é uma empresa estatal.

Estaremos juntos com os eletricitários e eletricitárias contra entreguismo e em defesa dos interesses do nosso povo e da nação.

Adilson Araújo
Presidente Nacional da CTB

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.