Sidebar

26
Qua, Jun

Rurais
Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Nesta quinta-feira (21) milhares de trabalhadores e trabalhadoras rurais do Piauí, ocuparam as principais ruas e avenidas do centro de Teresina, durante a realização da 5ª Marcha das Margaridas. O movimento, coordenado pela Fetag-PI (Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Piauí), ocorreu simultaneamente em todo o país.

Segundo a coordenação da atividade, pelo menos três mil trabalhadores rurais participaram da caminhada, que contou também com a participação de diversos representantes de órgãos, entidades e parlamentares.

De acordo com a secretária de Mulheres da Fetag-PI, Francisca Gilberta (a Caçula), a federação é uma entidade que tem uma grande capacidade de organização e mobilização no estado.

“Estamos muito felizes hoje pelo grande número de trabalhadores que atenderam ao nosso chamado, para que juntos possamos cobrar, junto aos governos, políticas públicas, que contribuam para melhorar a vida do nosso homem e mulher do campo”, disse.

A presidenta da Fetag-PI, Elisângela Moura, ressaltou a grande responsabilidade da entidade, em realizar um ato tão grandioso. “ Queremos lembrar aqui das várias marchas que realizamos em várias regiões do estado, cobrando ações para os trabalhadores e trabalhadoras rurais. Entre as várias reinvindicações que fizemos estão a questão ao combate à violência contra a mulher do campo. Falamos sobre a falta de água, que também é outro grande problema para os nossos irmãos que precisam dela para trabalhar e se alimentar”, afirmou.

Elisângela falou ainda sobre outros pontos, como a importância do fortalecimento da agricultura familiar e a regularização fundiária. “Essas temáticas também fazem parte das nossas bandeiras de lutas”, declarou.

A presidenta disse ainda que outra questão fundamental que está na pauta que foi entregue ao governador do estado, foi sobre a Previdência Social. “ O Piauí é hoje um dos estados do país que mais possui número de perícias médicas indeferidas, e precisamos mudar essa realidade urgente”, acrescentou.

Em seguida, a multidão seguiu em caminhada, passando pelas avenidas Frei Serafim, Areolino de Abreu, Rui Barbosa, finalizando com a audiência às 11h, com o Governador de Estado, Wellington Dias, no Palácio de Karnak, que falou sobre os principais pontos da pauta da Marcha das Margaridas, recebida por sua equipe, no último dia 17 de abril.

Vídeo Marcha das Margaridas 2015

 

Fonte: Fetag- PI, por Káttia Rodrigues

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.

Conferência Nacional

banner cndr 2015