Sidebar

24
Seg, Jun

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Os jornalistas da RAC - Rede Anhanguera de Comunicação, que edita os jornais Correio Popular, Gazeta de Piracicaba, as revistas Metrópole e VCP News, e o portal RAC.com estão em greve desde 14 de fevereiro. Eles enfrentam há dois anos constantes atrasos nos seus pagamentos e benefícios, além do não recolhimento do INSS e FGTS.

Nesta semana houve audiência do dissídio coletivo da greve, no TRT da 15ª Região, em Campinas, que terminou sem acordo.

Mesmo devendo salários desde novembro passado e de não ter pago ainda nem o 13º de 2017, a única proposta apresentada pela empresa foi a de quitar o vale alimentação em atraso até 09/03. A direção da empresa ainda propôs que os grevistas voltassem ao trabalho e aguardassem mais 30 dias por outra negociação para "viabilizar novos pagamentos". Esta proposta foi rejeitada e agora o dissídio segue para julgamento.

“Os jornalistas defenderam como o mínimo para voltarem ao trabalho o pagamento 1/4 devido do salário de novembro, do salário de dezembro e o 13º para quitar os débitos de 2017, e a manutenção dos depósitos de 25% do salário mensal pelas próximas quatro semanas”, explicou Agildo Nogueira Jr, coordenador da Regional Campinas/SJSP.

Este movimento já é considerado um exemplo de unidade e disposição de luta em uma greve que é histórica na cidade.

Fundo de greve

Para ajudar na luta dos trabalhadores foi criado um Fundo de Greve, pelo Sindicato dos Jornalistas, onde é possível depositar qualquer quantia na seguinte conta:

Caixa Econômica Federal
Agência 4070
Conta corrente 1143-3
(caso o depósito ou transferência seja entre contas da Caixa, o código da operação é 003)
Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo
CNPJ 62.584.230.0001-00

Também é possível fazer doação de alimentos na Regional Campinas,  na Rua Dr. Quirino nº 1319, 9º andar, no centro campineiro.

Portal CTB

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.