Sidebar

20
Qui, Jun

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A CTB São Paulo promoveu, nesta segunda-feira (06), uma panfletagem na estação de metrô Brás para alertar e convocar a população a ocupar as ruas na próxima sexta-feira, 10 de novembro, Dia Nacional de Mobilizações, Paralisações e Greves: em defesa dos direitos, contra as reformas trabalhista e previdenciária e pelo fim do trabalho escravo.

Capitaneado pelas centrais sindicais, o movimento visa "acordar" os trabalhadores e as trabalhadoras para os impactos da nova legislação que extingue direitos históricos.
 
Prevista para entrar em vigor no próximo sábado, dia 11, a reforma trabalhista traz uma série de mudanças, que prejudicam profundamente os trabalhadores e trabalhadoras brasileiros. Ao todo, são mais de 100 alterações na CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), que flexibilizam, acabam e reduzem direitos, conquistados com muita luta, ao longo de quase 80 anos.

ctb sp panfletagem2

Para o presidente da CTB SP, Rene Vicente, é fundamental que a população ocupe seu lugar de protagonista nesta luta. "É preciso muita resistência e a força do povo para barrarmos essa nova legislação que destrói a CLT, um importante instrumento de proteção do trabalhador brasileiro. Por isso, no dia 10 de novembro todos nas ruas para dizer não a toda essa onda de retrocesso que o governo Temer tenta impor ao nosso país", afirmou.

Em São Paulo, o Dia Nacional de Mobilizações terá concentração Praça da Sé, região central da cidade, a partir das 9h30. Participe!

 

Cinthia Ribas - Portal CTB

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.