Sidebar

26
Qua, Jun

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil, seção Tocantins (CTB-TO) pede o seu voto para a Chapa 3 – Renova Sisepe (Sindicato dos Servidores Públicos no Estado do Tocantins).

A eleição ocorre neste sábado (17), das 9h às 17h, na sede do Sisepe na capital Palmas e nas suas quatro subsedes que ficam em Araguaína, Gurupi, Porto Nacional e Taguatinga. “A Chapa 3 é realmente de oposição e quer recuperar o nosso sindicato, que está abandonado há 12 anos”, diz Sandra Leão Ribeiro, presidenta CTB-TO.

De acordo com ela, o sindicato possui aproximadamente 12 mil filiados, sendo que cerca de 5 mil estão aptos a votar. Uma questão fundamental entre as propostas da Chapa 3 é a “redução de 50% nas verbas de representação da presidência do Sisepe e da sua diretoria”.

Já Ana Cibele Chaves, candidata à presidenta pela Chapa 3, afirma que vai lutar para garantir os direitos da categoria. “Estamos perdendo nossas conquistas dia a dia e a direção do Sisepe não faz nada. Nossa luta é para recuperar o nosso sindicato que é o maior do estado”. A Chapa 3 é a única de oposição.

A presidenta Ana Cibele fala sobre a importância de renovar o Sisepe

“Vamos acabar com a reeleição e cortar pela metade as verbas de representatividade e as despesas do nosso sindicato para desenvolvermos projetos do quais necessitamos, além de lutar por melhores condições de trabalho e salários”. Ela reforça a necessidade de unir as servidoras e os servidores para a “garantia dos nosso direitos que estão sendo retirados no país e no estado”.

De acordo com ela, a Chapa 3 conta com 37 membros, sendo 45% mulheres. “As trabalhadoras e trabalhadores de Tocantins estão trabalhando em situação muito precária e precisamos mudar isso”, afirma Ana Cibele. "Faltam cadeiras, computadores, tem locais que anda faltando até papel higiênico e isos é inconcebível".

Ela acentua que o governo de Tocantins tem mexido na aposentadoria dos servidores e a direção do nosso sindicato não faz nada nem nos informa dos fatos”. Com isso, afirma, “a nossa aposentadoria corre sérios riscos e precisamos lutar para garantir uma aposentadortia digna, como merecemos. Também queremos melhorar os serviços públicos do estado".

Wagner Gomes, secretário-geral da CTB nacional diz porque apoia a Chapa 3 

O atual presidente do Sisepe ocupa o cargo há 12 anos e “nunca fez nada pela categoria, que já não aguenta mais tantos desmandos, por isso neste sábado vamos dar um basta em tudo isso. As servidoras e os servidores de Tocantins merecem um sindicato que os represente com dignidade”, conclui Sandra.

Portal CTB

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.