Sidebar

26
Qua, Jun

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A CTB-RR participou do Dia Nacional de Paralisação contra o Projeto da Terceirização. O ato de protesto ocorreu no maior terminal de ônibus de Boa Vista, onde há maior circulação de trabalhadores.

Foram distribuídos jornais informativos na manhã desta sexta-feira (29) para alertar a classe trabalhista em relação ao Projeto de Lei 4330/04, que tramita no Senado Federal e trata da terceirização da mão de obra barata no setor público e privado, suprimindo ainda os direitos trabalhistas.

“A CTB Roraima está aliada a outras Centrais contra o Projeto de Lei 4330. O objetivo de hoje foi levar informação aos trabalhadores. A maioria não tem acesso a grandes mídias. Fazemos críticas ao projeto que é danoso aos direitos conquistados na CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) e representa ameaça aos concursos” explica Sueli Cardozo, presidente da CTB-RR.

Para Marlene Gomes, integrante da CTB-RR, a luta é válida e a classe trabalhadora deve ter o conhecimento da perda de direitos que o Projeto de Lei 4330/04 pode trazer.

“Nossa luta é diária, mas hoje foi intensificada com a distribuição de jornais que informam sobre a manobra para retirar os direitos da classe trabalhadora por meio de um projeto descarado. A terceirização pode deformar o trabalho no Brasil”, avalia Marlene, acrescentando que a luta da CTB-RR continuará.

Por Marcelo Marques - CTB-RR

 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.