Sidebar

26
Qua, Jun

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A secretária de Imprensa e Comunicação, da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras Brasileiras (CTB), Raimunda Gomes (Doquinha), se reuniu com representantes de sindicatos de Roraima para discutir, avaliar a conjuntura política e econômica nacional e construir pautas para o calendário de lutas da classe trabalhadora.

“A agenda foi discutida com sindicalistas de Roraima. Nos reunimos com o Sindicato dos Trabalhadores Municipais de Boa Vista (Sitram) e os Sindicatos dos Servidores do Município do Cantá e de São Luiz e visitamos o Sindicato de trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Boa Vista. Além da discussão do calendário de pautas, resolvemos problemas burocráticos referentes à documentação de sindicatos locais”, esclarece Raimunda.

Ela disse que a reunião com os representantes dos sindicatos foi proficiente, possibilitando uma análise da situação política no campo nacional e estadual. “Estamos enfrentando, no contexto da política pública, um momento de extrema diversidade em relação à retirada de direitos dos trabalhadores que são ameaçados pelo Congresso Nacional. Por isso, é necessário que a classe trabalhadora, formada nacionalmente, aja imediatamente”, declarou.

doquinha roraima3

A secretária acrescenta o Projeto de Lei 4.330, que envolve a terceirização de serviços no setor público e as Medidas Provisórias n° 664 e 665, que, entre outros assuntos, determinam novas regras para acesso a benefícios previdenciários como, por exemplo, Abono Salarial, Seguro Desemprego e Auxílio Doença. “Essas propostas retiram os direitos da classe trabalhadora. Por isso, no dia 29 de maio, os trabalhadores vão parar em todo o Brasil com o apoio dos Sindicatos filiados”, enfatiza.

Para a presidente da CTB Seção Roraima, Sueli Cardozo, a ação da CTB Nacional foi importante, uma vez que Raimunda Gomes é dirigente de Sindicato no estado do Amazonas e conhece a realidade da região Norte. Segundo ela, no encontro, também foi formalizada a integração do Sindicato dos Servidores Municipais de São Luiz ao CTB.

“Doquinha conhece as necessidades da Região Norte. Propagar o sindicalismo é complexo porque cada local tem suas particularidades, suas limitações e seus desafios. Então, nos sentimos encorajados com a visita dela, principalmente porque possibilita a troca de experiência com outros dirigentes que nem sempre têm condições de participar da agenda nacional”, pontuou Sueli.
Como explicou a sindicalista, a história do sindicalismo roraimense é jovem e não há como fazer comparações com as entidades de outras regiões. “Queremos construir nossa luta com nossas forças, mas deixando nossa contribuição importante na batalha pelos dos direitos da classe trabalhadora”, disse Sueli.

De acordo com Marlene Araújo, membro da CTB-RR, a reunião foi importante para entender o contexto político nacional.

“O movimento sindical apresentou propostas de enfretamento para a atual situação em que passa a classe trabalhadora. Acredito que nós, como sindicalistas, temos de fazer parte dessa discussão, pois sabemos que as Medidas Provisórias 664 e 665 afetarão a vida dos trabalhadores de forma negativa”, afirmou.

Marcelo Marques

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.